PatentesOnline - Pesquisa de Patentes no Brasil

Classificação de Patentes

Índice:
C Química; metalurgia
C06 Explosivos; fósforos
Seção Descrição
C06B Composições explosivas ou térmicas; sua manufatura; utilização de substâncias isoladas como explosivos
C06C Dispositivos detonadores ou de estopim; espoletas; acendedores ou isqueiros químicos; composições pirofóricas
C06D Meios para produzir fumaça ou névoa; composições para gás de combate; produção de gás para explosão ou propulsão (parte
C06F Fósforos; manufatura de fósforos

Exemplos de patentes nesta classificação:

  • Composição para uso como um propelente.

    Um propelente sólido atua em uma câmara para propelir um elemento, como um foguete, sendo a câmara fechada à atmosfera. O propelente provê impulsos de elevada densidade e, quando queimado, produz produtos finais que não tem qualquer efeito deletério. O propelente inclui, de preferência, um aglutinante tendo ligações hidrocarboneto, e um oxidante de composto de chumbo formado a partir de um sal oxi.

    PI8404538-8

  • Palito de fósforo para acender fogo.

    1. Palito de fósforo para acender fogo, do tipo que compreende um corpo alongado de um material combustível com uma extremidade recoberta com uma substância inflamável, caracterizado pelo fato de que o dito corpo alongado apresenta também uma substância inflamável na extremidade oposta. 2. Palito de fósforo de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo fato de que a substância inflamável con.

    MU7603343-0

  • Palito de fósforo duas cabeças.

    Patente de modelo de utilidade: "palito de fósforo duas cabeças", o referido palito é uma inovação no uso do palito de fósforo no mercado, pois o mesmo tem dupla utilidade, oferecendo vantagens aos usuários. O palito, pelas suas características, que apresenta, reveste-se de todos os requisitos de novidades, tendo o palito em suas extremidades (pontas) uma cabeça composta por corpos (elementos quím.

    MU7801969-9

  • Mistura de estopilha isenta de chumbo, e estopilha de percussão.

    Patente de invenção de "mistura de estopilha isenta de chumbo, e estopilha de percussão". É provida uma mistura (22) de estopilha isenta de chumbo tendo elevada sensibilidade. A mistura (22) de estopilha contém um explosivo de iniciação, um sensibilizador, um propulsor, silicieto de cálcio e um oxidante. Os produtos de exaustão de ignição são essencialmente isentos de óxidos tóxicos tais como óxid.

    PI9408216-2

  • Carga de retardo pirotécnica, elemento de retardo pirotécnico, e, detonador.

    Patente de invenção "carga de retardo pirotécnica, elemento de retardo pirotécnico, e, detonador". Uma carga de retardo pirotécnica, para prover retardos nas faixas de milissegundo e segundo, compreendendo os componentes óxido de bismuto, como agente de oxidação, e silício, como combustível. A invenção também se refere a um elemento de retardo pirotécnico que tem um envoltório que contém a carga d.

    PI9304848-3

  • Iniciador de tubo de choque.

    Iniciador de tubo de choque que compreende um tubo de plástico dotado de um diâmetro interno axial desimpedido, o tubo tendo através da totalidade de sua extensão uma superfície interna sobre a qual materiais reativos não-consolidados são previstos como uma composição pulverulenta folgadamente aderente de partículas desalojáveis por choque à uma carga de n'culeo suficientemente baixa para evitar a.

    PI9203482-9

  • Composição de ignição e seu uso.

    Composição de ignição e seu uso. A invenção refere-se a uma composição de ignição e a suas aplicações, a composição compreendendo pelo menos (a) uma fração explosiva que inclui pelo menos um explosivo primário, (b) um sistema de óxido-redução e (c) um aglomerante, no qual a fração explosiva da composição representa 9 a 35% em peso da composição, os explosivos primários são pelo menos tetrazeno, e .

    PI0708248-7A2

  • Jogo de ignição e o uso do mesmo.

    Jogo de ignição e o uso do mesmo. O objeto da invenção é um jogo de ignição, que contém um ou mais sais de metais alcalinos e/ou alcalino-terrosos do ácido estifínico e/ou um ou mais sais mistos de sais de metais alcalinos e/ou alcalino-terrosos do ácido estifínico, um processo para sua fabricação e o uso desse jogo de ignição.

    PI0620227-6A2

  • Propulsor de gerador de gás.

    Patente de invenção de "propulsor de gerador de gás". A presente invenção propicia um propulsor de gerador de gás, em particular para bolsas de ar, o qual contém (a) pelo menos um carbonato, carbonato de hidrogênio ou nitrato de guanidina, aminoguanidina, diaminoguanidina ou triaminoguanidina, (b) pelo menos um nitrato de metal alcalino ou de metal alcalino-terroso ou nitrato de amônio como agente.

    PI9407761-4

  • Disposição construtiva introduzida em fósforo.

    "Disposição construtiva introduzida em fósforo". Descreve-se a presente patente como uma disposição construtiva introduzida em fósforo que, de acordo com as suas características gerais, possui como principio propiciar básico a introdução no corpo do fósforo (1), de um conjunto próprio e específico de disposições diretamente no conjunto de palitos de fósforo (2) e na caixa de fósforos (3), com a fi.

    MU8400208-5

  • Composto químico repelente.

    Composto químico repelente. Refere-se a presente patente a um composto químico repelente utilizado em situações de conflito para dispersão de pessoas e animais; o qual poderá ser utilizado em pó, líquido ou gás, em recipientes como granada, spray, spray aerossol, sachês plásticos, dentre outros. Existem vários compostos que são de uso exclusivo da policia e exército como por exemplo spray de pimen.

    PI0704249-3A2

  • Composição incapacitante e dispositivo para o emprego de uma composição incapacitante.

    Patente de invenção de "composição incapacitante e dispositivo para o emprego de uma composição incapacitante". Esta composição incapacitante é, notadamente, do tipo que comporta ao menos um princípio ativo com efeito incapacitante. Ela é caracterizada pelo fato de conter, como princípio ativo, uma mistura sinérgica de um piperidídio, como a piperina extraída de certas pimentas, e de capsaicinoídi.

    PI9606575-3

  • Formulação de propelente de foguete.

    A remoção e neutralização de hcl da pluma de escape de um motor de foguete de propelente de grãos sólidos são obtidas mediante a inclusão de magnésio elementar como único componente metálico. O magnésio atua como combustível propelente e como removedor de halogenoácidos derivados do oxidante halogênico. A combustão do propelente de elevada energia produz uma pluma de escape da qual são removidos o.

    PI9105526-1

  • Garrafa produtora de espuma.

    "Garrafa produtora de espuma", compreendida por recipiente em forma de garrafa (1) dotado de malha depuradora (4), localizada na saída do gargalo ou internamente; sendo que o interior de referido recipiente (1) aloja turbina (3) montada junto de uma das extremidades de um tubo (5), o qual se projeta para fora do fundo do recipiente (1) onde é previsto um ventilador (2); dito tubo (5), opostamente,.

    MU7102685-1

  • Composição geradora de gás.

    Patente de invenção "composição geradora de gás". Uma composição geradora de gás compreende cerca de 30 a cerca de 85% em peso de um combustível a), e cerca de 15 a cerca de 70% em peso de um oxidante b), baseado no peso total de a) mais b). Pelo menos cerca de 60% a 100% do combustível a) compreende um sal de nitrato de uma poliamina da fórmula geral selecionada do grupo que consiste em: (i) zhn-.

    PI9701294-7

  • Aperfeiçoamento em grão propelente sólido para motores foguete.

    "Aperfeiçoamento em grão propelente sólido para motores foguete". Apresentando-se na forma híbrida, combinando dois propelentes distintos, um externo (1) e um interno (2), o primeiro é um propelente sólido composite, oco ou vazado uniforme e longitudinalmente (3), enquanto o segundo é uma camada de propelente base dupla, disposta cobrindo toda superfície interna do primeiro, como também a camada d.

    PI0402280-7

  • Condutor de onda de choque de baixa energia,e processo para a produção do mesmo.

    Um detonador de baixa energia é extrudado como um tubo primário de dobra única 1, a partir de uma mistura de resina plástica com material energético em partículas 2 sendo internamente distribuído em um modo conhecido por si, a referida mistura de resina compreendendo uma quantidade principal de um polímero orientável, por exemplo polietileno de baixa densidade, linear, para provar integridade estr.

    PI8900474-4

  • Composto explosivo de alta velocidade de detonação.

    A presente invenção, que apenas com uma simples união de certas substâncias, consegue-se um explosivo confiável, seguro, barato e com grande eficiência, de alta velocidade de detonação, proporcionando assim um custo operacional bem reduzido. O dito "composto explosivo de alta velocidade de detonação" é constituído por uma parte de anfo, acrescido de uma pequena parte de explosivo encartuchado, gel.

    PI9302279-4

  • Processo de obtenção de munição luminescente e processo de detecção de resíduos de tiro.

    Processo de obtenção de munição luminescente e processo de detecção de residuos de tiro a presente invenção trata da obtenção de munição luminescente e de detecção de residuos de tiro - gsr (do inglês gunshot residues) e seu processo de fabricação. Baseia-se na inserção de marcadores luminescentes à massa iniciadora elou carga de projeção (pólvora) de munições para armas de fogo de qualquer nature.

    PI0901063-7A2

  • Bloco conector para retenção de uma ou mais linhas de transmissão de sinal.

    Bloco conector para sistemas de inicialização de detonação. Um bloco conector (10) que inclui um componente de pinça (30) que coopera com a extremidade de transmissão de sinal (12a) do componente de corpo (12) para definir um slot de retenção de linha arqueado entre eles (32) dentro do qual uma ou mais linhas de transmissão de sinal (40) são recebidas em comunicação de sinal explosiva com extremid.

    PI9612587-0

  • Sistema catalizador, processo para síntese de um poliéster, e processo para a síntese de uma poliamida.

    Os polímeros de condensação de elevado peso molecular, tais como poliésteres, poliuréias e poliamidas, são normalmente preparados a temperaturas de 200 c ou mais. Entretanto, através do emprego do sistema catalisador da presente invenção, os polímeros de condensação podem ser sintetizados a temperaturas muito menores. Esses sistemas catalisadores compreendem (1) uma composição de silício-fósforo q.

    PI8702665-1

  • Detonador dotado de seção de saída e método de inicialização de detonador.

    Detonadores dotados de sondas de entrada múltiplas. Um detonador (10) é equipado com uma sonda de entrada (29) dotado de linhas de transmissão de sinal múltiplas (30, 31) que provêm sinais de inicialização redundantes para a carga alvo (14) de um detonador (10, 10'), dessa forma aumentando a confiabilidade da inicialização. As linhas de transmissão de sinal múltiplas (30, 31) podem ser feita de tu.

    PI9612400-8

  • Misturas iniciadoras isentas de chumbo.

    Trata a presente patente de novas misturas iniciadoras utilizadas em munições de pequeno calibre, isentas de chumbo. Em suas linhas gerais consiste a invenção em se dotar a mistura iniciadora para espoletas com os seguintes componentes dosados entre os percentuais: - diazodinitrofel 38,0% - tetrazeno 4,0% - nitrato de bário 39,0% - trissulfeto de antimônio 12,0% - alumínio em pó 7,0% - goma arábic.

    PI9006600-6

  • "Dispositivo conector".

    Conector para transferir sinal de iniciação de detonação um dispositivo conector (10) para disposição de um detonador (12) em relação de transferência de sinal com uma linha receptora de sinal (30) recebe o detonador (12) em uma membro luva (14). Um membro de angajamento de linha (24) é conectado ao membro luva (14) e coopera com o membro luva (14) para definir um slot (26) entre eles em que é di.

    PI9612825-9

  • Processo para fabricação de detonador de retardo e produto resultante.

    Patente de invenção "processo para fabricação de detonador de retardo, e produto resultante". Patente de invenção de "processo para fabricação de detonador de retardo, e produto resultante, refere-se à processo que compreende fase consistindo na dosagem e subsequente prensagem de uma quantidade pirotécnica de retardo sobreposta diretamente à camada de explosivo primário ou à camada de explosivo se.

    PI9505497-9

  • Iniciador de detonação com retardo de tempo.

    Um novo iniciador (espoleta) para explosivos é apresentado. O iniciador, que pode ser elétrico ou não - elétrico, compreende um cartucho metálico tubular principal contendo uma carga-base, uma carga de retardo, uma carga iniciadora e um dispositivo de ignição, no qual a carga base e a carga iniciadora são alojadas no interior de uma cápsula de metal tubular de diâmetro reduzido, cuja cápsula de di.

    PI9102622-9

  • Mistura de espoleta para espoletas de cartuchos para pequenas armas de fogo.

    "Mistura de espoleta para espoletas de cartuchos para pequenas armas de fogo". Uma mistura de espoleta contem silicato de alumínio como o sensibilizador, vantajosamente em uma percentagem maior do que 10%, não excedendo 30% e preferencialmente incluída entre 15% e 25%. Combinado com o referido sensibilizador, a mistura pode conter adicionalmente um composto de potássio, preferencialmente o nitrato.

    PI0300475-9

  • "Membro deslizante para dispositivo explosivo intensificadoras".

    Membro deslizante para cargas explosivas intensificadoras . Um deslizante (36) possui uma acessório de base (40) e um tubo blindado (42). O deslizante (36) é usado para acoplar um detonador (44) a um fio de detonação (62) que passa através do dispositivo intensificador (10), isto e, para impedir que o fio de detonação (62) inicialize diretamente ou frature o intensificador (10). O acessório de ba.

    PI9707048-3

  • Elemento iniciador para um detonador explosivo não primário, e, detonador explosivo não primário.

    A presente invenção se refere a um elemento iniciador para um detonador explosivo não primário, compreendendo um confinamento de parede fina e contendo uma carga iniciadora de explosivo secundário (7), prensada, com o confinamento tendo um acesso (4) permitindo a ignição da carga iniciadora de explosivo secundário através de um dispositivo de ignição. A novidade do elemento iniciador está no fatod.

    PI8506885-3

  • Artefato explosivo.

    A presente invenção refere-se a um "encartuchado explosivo" (fig. 4) Podendo ter diferentes diâmetros e comprimentos, tendo o seu interior constituído por duas partes: uma pequena fração do cartucho contendo um alto explosivo como elemento reforçador (1 da fig. 4) E o restante do cartucho contendo um explosivo (2 da fig. 4) Comumente usado como carga principal em coluna a detonar em trabalhos de m.

    PI9302572-6

  • Processo de fabricação de tubo de choque térmico e produto resultante.

    "Processo de fabricação de tubo de choque térmico e produto resultante". Refere-se a patente de invenção de processo de fabricação de tubo de choque térmico e produto resultante, aplicado como transmissor de sinal para conexão e iniciação de colunas de explosivos, usualmente complementado por espoleta de retardo ou utilizado como unidade de retardo, o qual emprega mistura pirotécnica mais segura q.

    PI0303546-8

  • Conjunto de tubo de choque.

    Patente de invenção "conjunto de tubo de choque". Um conjunto de tubo de transmissão de sinal inclui um tubo de transmissão de sinal 12, tal como uma bobina de tubo de choque em um carretel 10, possuindo extremidades terminais opostas 14 e 16 e contendo um material reativo. As extremidades terminais abertas 14 e 16 do tubo de choque fornecem a única saída para o sinal gerado no mesmo e o único pon.

    PI9507028-1

  • Disposição introduzida em cartucho para explosivo.

    Patente de modelo de utilidade "disposição introduzida em cartucho para explosivo", compreendendo o cartucho cilíndrico (1), com nervuras à maneira sanfonada (2), como também a sua extremidade superior é munida de rosca (3) para uma tampa igualmente cilíndrica (4) e com rosca interna (5), tampa esta cuja parte superior é fechada por parede (6), sob qual existe um detalhe anelar (7) cooperante no f.

    MU7602303-6

  • Método para fabricar uma mistura não-tóxica de espoleta.

    "Método para fabricar uma mistura não-toxica de espoleta". É revelada uma mistura não-tóxica de espoleta que inclui tanto sulfeto de bismuto como nitrato de potássio como a porção pirotécnica da espoleta. Em um modelo adicional, é revelado uma mistura não-tóxica de espoleta que compreende sulfeto de zinco e nitrato de alumínio como a porção pirotécnica da mistura de espoleta. Os sulfetos de bismut.

    PI0104341-2

  • Carga de ignição.

    Carga de ignição. A presente invenção refere-se a uma carga de ignição isenta de chumbo e de bário que não contém agente oxidante e a sua utilização.

    PI0712015-0A2

  • Elemento acendedor de churrasqueira e similares e processo de obtenção.

    Elemento acendedor de churrasqueira e similares e processo de obtenção. Mais particularmente refere-se a um elemento acendedor (1), do tipo empregado para acender carvão ou lenha de churrasqueiras, lareiras e outros; cada elemento acendedor (1) é conformado por um tolete de pequenas dimensões, de formato qualquer, obtido a partir da moldagem e prensagem de um composto de parafina de grau alimentar.

    PI0802116-3A2

  • Processo de fabricação de nitrato de amônio poroso, de baixa densidade.

    A presente patente de invenção consiste num processo para introduzir, por via aquosa, nos grãos ou formas variadas de nitrato de amônio componentes químicos que ao reagir originam algum produto gasosodentre os que resultam da reação. Esses gases agindo no interior desses grãos criam pequenos porosdevido a expansão de pequenas fraturas ou bolhas existentes originalmente. Essas reações por vezes ret.

    PI9505880-0

  • Processo de fabricação de nitrato de amônio poroso, de baixa densidade e explosivo resultante.

    Através de aperfeiçoamentos introduzidos no pedido de patente brasileiro pi 9505880-0, o qual descreve um processo de obtenção de nitrato de amômio poroso, de baixa densidade, abtido a partir de prills grau fertilizante, ou de pérolas, ou de escamas, ou de soluções convertidas em partículas sólidaspor quaisquer processos, ou de nitrato de amônio sólido de outra forma qualquer, processo este atravé.

    PI9600121-6

  • Composição explosiva vazada e processo para sua formulação.

    A invenção se refere a uma composição explosiva vazada que tem densidade, energia e diâmetro críticoaltos, que compreende um sal oxidante inorgânico numa proporção de 45 a 92%, em peso, da composiçãototal; de 2 a 15% de um combustível líquido orgânico, imiscível com água; menos de 5% de água, caracterizada por conter de 0,2 a 5% de um emulsificante, aniônico, não iônico ou catiônico que permitaa f.

    PI8501551-2

  • Explosivo em emulsão do tipo de água em óleo.

    A presente invenção se refere a um explosivo em emulsão do tipo de água em óleo que tem resistênciacontra dissolução em água, e aplicação da dita emulsão a misturas explosivas. O explosivo em emulsãonão é sensível a espoleta a pode ser encartuchado só ou em mistura com anfo. Ele pode também ser usado em sistema em massa. O explosivo contém 60-90% em peso de nitrato de amônio e nitrato de cálcio,4-.

    PI8307079-6

  • Processo para preparação de composições de explosivos em emulsão.

    Que consiste em uma fase descontínua formada por uma solução de sais oxidantes (nitrato de amônio, nitrato de sódio e nitrato de cálcio), uma fase oleosa contínua formada por óleo combustível (óleo desoja e óleo de soja epoxidado) e uma série de aditivos emulsificantes e modificadores do hábito cristalino, produzindo-se a emulsão em um homogeneizador, podendo-se assim obter um tipo de explosivo em.

    PI8302376-3

  • Composto explosivo e processo de obtenção.

    Composto explosivo e processo de obtenção, constituindo um produto apresentado por vários pequenos grãos, formando um único grão (experiências 1, 2, 3 e 4) ou pérola (experiências 5, 6 e 7) ou ainda por grãos (experiências 8, 9 e 10), todos em têrmos de nitratos inorgânicos, que pelos processos (experiências 1 a 10) possibilita aderência de resina breu, ou goma laca ou goma arábica, através da uti.

    PI9302573-4

  • Processo para preparar uma composição explosiva e conjunto explosivo.

    Descreve-se uma composição explosiva que compreende um agente de oxidação tal como nitrato de amônio (an), e um material combustível que pode incluir um óleo combustível (fo) e que também compreende um combustível sólido tal como partículas de borracha ou contas ou flocos de polistireno. O combustível sólido é incorporado dentro da composição para proporcionar o desprendimento controlado de energi.

    PI9205622-9

  • Composição explosiva do tipo de suspensão aquosa.

    A invenção é referente a composição explosiva que contém oxidante inorgânico, água, combustível, espessador, gaseificante e, opcionalmente, agentes de reticulação, tendo pelo menos 35% em peso total da composição, e de 8 a 25% de polissacarídeo de origem vegetal, como parte ou o total do combustívele espessante. Atualização: "composição explosiva do tipo de suspensão aquosa". A invenção é referent.

    PI8306938-0

  • Processo de granulação a úmido, em dois estágios, para produção de um explosivo compósito.

    A invenção se refere a um processo para a produção de explosivos compósitos do tipo de hexotonal e octonal, por intermédio de um processo de granulação a úmido em dois estágios, que compreende um primeiro estágio de granulação para produzir grânulos primários e uma certa quantidade de tnt ( o tntprimário) em suspensão em água, junto com os componentes desejados no explosivo, com excessão do pó dea.

    PI8604654-3

  • Dispersão de baixo peso específico.

    Dispersão de baixo peso específico a presente invenção se refere a uma dispersão de água em óleo (emulsão matriz) na qual se geram quimicamente bolhas (gaseificação), obtendo-se uma composição explosiva de baixo peso específico (0,50 g/cm3 a 0,90 gr/cm3) que é empregada como agente de dinamitação. A referida emulsão é conformada por uma solução oxidante e uma solução combustível,onde a solução oxi.

    PI1002932-0A2

  • Melhoramento em composto explosivo.

    Melhoramento em composto explosivo. Um composto explosivo formado por um agente explosivo, um combustível sólido e um aderente polimérico, onde o agente explosivo, o combustível sólido e o aderente polimérico são dispersos por todo o composto.

    MU8903104-0U8

  • Composição fumígena.

    "Composição fumígena". A invenção se refere retomada a uma composição fumígena que compreende de 0,05 a 5% de um ou vários materiais ativos por uma dose eficaz de material(is) ativo(s) de 0,5 mg/m^ 3^ a 40 mg/m^ 3^, e uma base fumígena em que qual a base fumígena compreende pelo menos um agente oxidante, um agente redutor e uma carga mineral que representa pelo menos 25% em peso da dita base, o ag.

    PI0315016-0

  • Extrato fluido de gengibre em jato ou em spay.

    Extrato fluido de gengibre em jato ou em spray. A presente patente de invenção se refere a um extrato liquido de gengibre, para ser usado na forma de jato e de spray pressurizados, acondicionado em cilindros portáteis, para uso das forças armadas, policiais, de segurança e em geral, com intuito de imobilizar agressores, sem a necessidade de uso de armas letais. O extrato de gengibre tem ação efica.

    PI1006090-1A2

  • Composição detonante não tóxica.

    Uma mistura detonante não tóxica para uso em uma espoleta de percussão, especialmente do tipo boxer que compreende principalmente diazodinitrofenol e boro. A composição pode conter também carbonato de cálcio ou nitrato de estrôncio como oxidante, um éster de nitrato como combustível, e tetrazene como explosivo secundário.

    PI9206708-5

  • Processo para fabricação de explosivo.

    É descrito um explosivo, que inclui uma emulsão explosiva que compreende uma fase descontínua que inclui um sal de oxidação e uma fase contínua que inclui um combustível e que é imiscível com a fase descontínua; grânulos de nitrato de amônio; e um agente resistente a água para inibir a deterioraçãodos grânulos de nitrato de amônio na presença de água, agente este que tem o efeito de inibir o acess.

    PI8500363-8

  • Processo para produção continua de uma composição explosiva de emulsão de óleo/água.

    Um processo para produzir um explosivo em emulsão compreende a introdução de uma fase de combustívelorgânico líquido e uma fase de oxidante líquido imiscível em um aparelho que tem uma câmara de misturação (5), dispositivo de restrição de fluxo (8) para introduzir a fase da oxidante líquido como umjato turbulento emergente, na câmara, para causar sua fragmentação em gotículas, in situ, dentro dacâ.

    PI9002855-4

  • Explosivo primário a prova d'água.

    "Explosivo primário à prova d'água". Ora apresentado para substituição da azida de chumbo e do estifinato de chumbo, utilizado nas espoletas balísticas, oferece boa margem de segurança, para o processo de fabricação. É menos sensível ao atrito do que a azida e o estifinato de chumbo, o que facilita o seu manuseio. É muito mais sensível à chama e à faísca do que a azida e o estifinato de chumbo, o .

    PI0204583-4

  • Composição explosiva de água em óleo e composição explosiva em emulsão.

    A presente invenção refere-se a composições explosivas em emulsão de água em óleo compreendendo umafase aquosa descontinua, uma fase orgânica imiscível em água contínua, e um teor de emulsificador sendo pelo menos 45% em peso da fase de combustível emulsificado que diminui a pré - compressão ou prensagem morta.

    PI9002672-1

  • Macroemulsão água-em-óleo, composição explosiva e processo para proporcionar à mesma.

    A presente invenção proporciona uma macroemulsão água-em-óleo destinada a ser usada em combinação com um oxidante sólido, na preparação de uma composição explosiva de alta densidade. A macroemulsão compreende 1-70% em peso de água, 5-85% em peso de um óleo combustível, e 0,1-10% em peso de um emulsionador com um número hlb dentro da faixa de 0-8. A invenção também proporciona uma composição explos.

    PI8806142-6

  • Explosivo de emulsão de água em óleo sensível a espoleta, e, explosivo em forma de suspensão aquosa.

    A invenção é referente a explosivo de emulsão de água em óleo sensível a espoleta, que é resistentea compressão abrupta, que compreende combustível orgânico líquido misturado em água, como uma fase contínua, em uma quantidade de 3 a 10 % em peso, com base na composição total; uma solução aquosa, emulsionada, de sal oxidante inorgânico, como uma fase descontínua, que compreende o sal oxidante inorg.

    PI8403431-9

  • Cartucho de percussão lateral e processo de sua fabricação.

    Um processo de fabricação de um cartucho de percussão lateral com mistura detonante isenta de chumbo aperfeiçoada para cargas de munição ou de empuxo industrial proporcionando uma fonte de gás para cravar elementos fixadores com ferramentas mecânicas. Uma mistura detonante isenta de chumbo é consolidada no interior de uma cavidade anular de um estojo (de cartucho) de percussão lateral e secada na .

    PI9202626-5

  • Processo para recristalização de alto-explosivo hmx e rdx.

    A presente invenção se refere a um processo para a recristalização dos alto-explosivos hmx e rdx. Deacordo com a invenção, o explosivo e dissolvido em uma lactona de baixo peso molecular, líquida (emtemperatura ambiente), após o que o grau de saturação da solução obtida e mudado, quer pelo baixamento da temperatura quer pela diluição com água. Esse processo produz, dependendo do procedimento decri.

    PI8501575-0

  • Ignidor de dois componentes para composições geradoras de gás e inflador.

    Patente de invenção "ignidor de dois componentes para composição geradoras de gás, inflador e método, para enchedores usados para inflar equipamentos infláveis tais como os "air-bags", botes salva-vidas, rampas de escape rápido, e assemelhados que incluem uma mistura de um material de igniçào e uma massa consolidada, seja i) de um componente pirotécnico, seja ii) de um composto propelente. O mater.

    PI9304052-0

  • Composição explosiva, uso de um aduto de manich, e, processo para produzir uma composição explosiva.

    "Composição explosiva, uso de um aduto de mannich, e, processo para produzir uma composição explosiva". A invenção refere-se às composições explosivas compreendendo um aduto de mannich como emulsificador em uma emulsão de água em óleo, de a) um composto hidróxi-aromático com substituinte(s) hidrocarbônico(s) de fórmula (i) (r^ 1^)~ n~ar(oh)~ x~, na qual r^ 1^ = um hidrocarboneto, escolhido de um g.

    PI0112162-6

  • Explosivo primário para detonadores.

    "Explosivo primário para detonadores" para a substituição da azida de chumbo, oferece grande margem de segurança durante o processo de fabricação. É menos sensível ao atrito do que a azida de chumbo, facilitando assim o seu manuseio. É mais sensível à chama e à faísca do que a azida de chumbo, o que proporciona melhor desempenho na iniciação. Grande poder rompedor. Baixo custo (matéria prima 100% .

    PI0204584-2

  • Processo para obter uma emulsão explosiva.

    Patente de invenção de "emulsão explosiva". Esta invenção relaciona-se a explosivos de emulsão de água em óleo, nos quais um material oxidante é contido na fase aquosa descontínua, e a fase oleosa contínua atua como combustível carbonáceo. Mais particularmente, esta invenção relaciona-se a tais explosivos nos quais ácidos carboxílicos, ácidos sulfônicos, ou ácidos contendo fósforo polifuncionais, .

    PI9400965-1

  • Aperfeiçoamentos no processo de fabricação de pastas fluidas explosivas.

    Que consiste na introdução dos sais de ácidos oxidantes, com compostos orgânicos heterocíclicos, como componentes sensibilizantes das pastas fluidas explosivas("slurries"), isoladamente ou associadosa outros sensibilizantes e também empregando como sensibilizantes estes derivados nitratos heterocíclicos, por exemplo a 4 - nitromorfolina. Atualização: "aperfeiçoamentos no processo de fabricaçãode p.

    PI8302301-1

  • Composto de associação,composição explosiva e processo para preparação do composto.

    A invenção se refere a um novo composto explosivo que éum composto associada de nitrato de amônio eglicina, e também inclui uma composição explosivaque contém esse composto. O composto amgc é preparado por um processo de cristalização de preferência efetuada pelo resfriamento de uma massa fundida ou solução saturada contendo nitrato deamônio e glicina. O angc é especialmente vantajoso como um ingr.

    PI8702944-8

  • Emulsão de água em óleo, adequada para explosivos.

    Esta invenção está voltada para emulsões de água em óleo que são úteis como explosivos. Estas emulsões compreendem: uma fase aquosa descontínua compreendendo pelo menos um componente fornecedor de oxigênio; uma fase orgânica contínua compreendendopelo menos um combustível carbonáceo; e uma quantidade emulsificante minoritária de pelo menos um emulsificante. O emulsificante é o produto produzido pe.

    PI9300850-3

  • Emulsão explosiva água-em-óleo.

    A invenção se refere a emulsão explosiva água-em-óleo que compreende um combustível orgânico imiscível em água como fase contínua; uma solução aquosa de um sal inorgânico oxidante como fase descontínua; e um emulsificante; caracterizada por um derivado fenólico do polipropeno ou polibuteno como o emulsificante.

    PI8806385-2

  • Sistema e processo produtivo para produção de anfo em escala industrial.

    "Sistema e processo produtivo para produção de anfo em escala industrial". Compreende a presente patente de invenção a um sistema e processo para produção de "anfo" em escala industrial baseado na utilização de vários equipamentos, tais como: moega de recepção (1) elevadores de canecas (2), silos dosadores (3), tanque de armazenamento de óleo (4), misturador horizontal (5), caçamba de pesagem (6),.

    PI0202659-7

  • Propelente plástico.

    "Propelente plástico". Foi criado para a substituição da pólvora negra; das nitroceluloses e das pólvoras cloratadas, com acentuado poder de ruptura, e, principalmente, pela emissão de gases não tóxicos e inodoros. Oferece grande margem de segurança durante o processo de fabricação. É insensível ao atrito, choque ou percussão, o que amplia sua segurança no manuseio baixo custo (matéria prima 100% .

    PI0204582-6

  • Explosivo para fins industriais.

    O modelo de utilidade "explosivo para fins industriais". O presente modelo, que apresenta como principal função quebrar e fiuras as rochas, proporcionando assim um menor consumo de materiais de desgaste, explosivos, energia elétrica e mão-de-obra. O dito explosivo é constituído de nitrato de amônio (fig.01), Óleo mineral derivado do petróleo ou óleo vegetal (fig. 02), Resina alquídica à base de ól.

    MU7701693-9

  • Emulsão explosiva água-em-óleo contendo um agente redutor de densidade sólido.

    A invenção descreve uma emulsão explosiva água em óleo que compreende um combustível orgânico imiscível em água como fase contínua; uma solução aquosa de sal inorgânico oxidante emulsificada como umafase descontínua; um emulsificante e um agente redutor de densidade sólido; caracterizada pela combinação de um emulsificante derivado do polipropeno ou polibuteno e microesferas orgânicas como o agent.

    PI8806383-6

  • Processo para produção de acendedor de churrasqueira ou lareira e produto obtido.

    "Processo para produção de acendedor de churrasqueira ou lareira e produto obtido". Compreende a presente patente de invenção a um processo de produção que resulta na obtenção de um acendedor sólido e resistente, que não contém pavio e que não exala facilmente, sendo portanto, sua durabilidade duas vezes maior do que os existentes no mercado. Trata-se de um processo, através do qual pode-se produz.

    PI0401060-4