PatentesOnline - Pesquisa de Patentes no Brasil

Classificação de Patentes

Índice:
F Engenharia mecânica; iluminação; aquecimento; armas; explosão
F42 Munição; detonação
Seção Descrição
F42B Cargas explosivas, por ex., Para detonação; fogos de artifício; munições
F42C Espoletas para munições; ); seus dispositivos de armação ou de segurança
F42D Detonação

Exemplos de patentes nesta classificação:

  • Sistema de programação eletrônico para fusíveis detonadores.

    Sistema de programação eletrônico para fusíveis detonadores. Trata-se de um sistema de programação eletrônico pàra munições programáveis "m" implenlentado em uma arma de fogo (1), o referido sistema sendo adaptado .Para enviar informações ao fusível detonador de uma munição "m", que armazena as informações em seu interior, e receber informações sobre características da munição "m" a partir do próp.

    PI1102670-7A2

  • Instalação de tiros pirotécnicos programáveis.

    "Instalação de tiros pirotécnicos programáveis". A presente invenção refere-se à instalação de tiros pirotécnicos programáveis, comportando uma unidade (8) de programação e de comando dos tiros, uma linha de programação e de comando comportando dois fios (6a, 6b) condutores e uma pluralidade de detonadores eletrônicos (12), montados em paralelo sobre essa linha bifilar, caracterizada pelo fato da .

    PI0301576-9

  • Conector polivalente para ligações de tubonel com cordel detonante.

    Patente de invenção "conector polivalente para ligações de tubonel com cordel detonante". A presente invenção, que em apenas um elemento, conjuga as funções de fixar tobonéis com cordel detonante, proporcionando, assim, a possibilidade de usar, nos furos das minas, o cordel detonante e na superfície, o tubonel. O dito conector é constituído por um corpo plástico (1), dotado de um furo (4) com um.

    PI9602351-1

  • Sistema para detonação à folha explosiva e dispositivo de detonação.

    Sistema papa detonação à folha explosiva e dispositivo de detonação a presente invenção está relacionada a um sistema para detonação à folha explosiva e dispositivo de detonação (dfe) para iniciação de sistema bélicos e aeroespaciais. No campo bélico pode ser utilizado como iniciador de bomba, no campo civil para demolição e no campo aeroespacial para iniciação de ignitores, por exemplo. O detonad.

    PI1003798-5A2

  • Iniciador de explosivos, sistema e método para monitorar iniciadores identificáveis.

    Iniciador de explosivos, sistema e metodo para monitorar iniciadores identificáveis. A presente invenção se refere a um iniciador (10) para explosivos compreendendo um invólucro de iniciador (12), uma composição explosiva (14), um receptor de sinal de ignição (16) para receber um sinal de ignição e transmitir este sinal de ignição para iniciar a composição explosiva (14). O iniciador (10) compreen.

    PI0611513-6A2

  • Cartucho de espingarda com carga explosiva.

    Um cartucho de espingarda (1) possui um projétil (11) de perfuração de armadura o qual inclui uma carga principal (17) disposta para ser detonada ou explodida por percussão direta de um iniciador (12). O cartucho inclui um dispositivo de armação cilíndrico (16) à prova de orifício construído de modointeiriço com o obturador (6) o qual interrompe o processo de detonação depois da detonação do inici.

    PI8507154-4

  • Aperfeiçoamentos introduzidos em espoleta elétrica de alta pressão e segurança para uso petrolífero.

    Compreendem um único corpo monobloco (5) de formato irregular, confeccionado em alumínio, dotado decavidade cilíndrica longitudinal interna, que nele tem colocada interiormente uma só resistência elétrica (2) de alto valor ôhmico, compreendendo ainda os aperfeiçoamentos um tubo (7) selante de borracha que adere por encaixe ao corpo (5) e ao cordel detonante da espoleta elétrica, objetivando ditosa.

    PI8505393-7

  • Módulo de retardo não elétrico de precisão.

    "Módulo de retardo não elétrico de precisão". Refere-se a patente de modelo de utilidade de aperfeiçoamentos introduzidos no dispositivo da patente brasileira pi 8104552, através de desenvolvimento de módulo de retardo não elétrico de precisão utilizado como acessório na detonação de explosivos em substituição aos retardos convencionais de ligação de superfícies com tempos curtos, tais como 17 ms,.

    MU8302737-8

  • Unidade de retardo elétrica e método de interpor retardo de tempo.

    Patente de invenção: "unidade de retardo digital". Um conjunto de detonador de retardo prolongado (1) causa um retardo pré-selecionado controlado eletronicamente entre um sinal de impulso não elétrico de entrada proveniente de, por exemplo, um tubo de choque (10) ou outra linha de transmissão de entrada, e a detonação da carga de saída (44), a energia da qual pode ser para disparar uma carga explo.

    PI9307715-7

  • Aperfeiçoamentos introduzidos em espoleta de retardo.

    Aperfeiçoamentos introduzidos em espoleta de retardo, compreende aperfeiçoamentos que se tratam de depositivo interfaceador (7), que e um elemento de contato momentâneo ou um par de eletrodos, ou um cristal piezoelétrico, ou uma junção termopar intrinsicamente protegida contra voltagens indesejáveis, sendo o dispositivo interfaceador (7) adequado a dispositivo de transmissão de energia não elétric.

    PI8805937-5

  • Espoleta para explosivos.

    Uma espoleta (10,20) para explosivos que compreende uma carga conformada (12) de material detonantepara uso com o dispositivo de iniciação que penetra na carga, a dita espoleta sendo caracterizada porque tem uma cavidade (16) para receber os ditos meios de iniciação, e um atenuador de choque (14) na forma de uma inserção de materialinerte, cuja densidade e menor que a do material detonante, a inse.

    PI8804235-9

  • Espoleta de baixa energia e processos e aparelhos para fabricá-la e modificá-la.

    Uma espoleta de baixa energia, que possui uma cápsula tubular, que é deformada em, pelo menos, uma extremidade e entre as suas extremidades, para formar formações de válvulas. Cada formação de válvuladefine uma válvula, que é normalmente substancialmente fechada e que é aberta, em uso por uma ondade choque. O material de parede da cápsula pode ser deformado por elementos moldadores aquecidos deslo.

    PI8503291-3

  • Conjunto de circuitos eletrônicos para circuitos de cronometragem e retardo.

    Conjunto de circuitos eletrônicos para circuitos de cronometragem e retardo um circuito de retardo eletrônico (10) útil para a iniciação retardada de detonadores ilustra várias características novas que podem ser combinadas, incluindo um oscilador novo (34), um circuito temporizador programável (32) e um circuito de controle de funcionamento (46). O oscilador (34) gera um sinal de relógio determin.

    PI9810050-5

  • Mini estufa.

    Refere-se o presente modelo a uma estufa para cultivos de pequeno porte, modulável, montada e desmontada com extrema facilidade, estruturada em segmentos metálicos tubulares encaixados entre si e parafusados e coberto com filme plástico aditivado anti raios ultra-violeta, possuindo portas em ambos os extremos para acesso e facilitar a ventilação.

    MU7201612-4

  • Portal tático de assalto e cobertura.

    "Portal tático de assalto e cobertura". Descreve-se a presente patente como um portal tático (1) de assalto e cobertura que, de acordo com as suas características, possui como princípio propiciar a formação de um equipamento específico de arrombamento explosivo e de cobertura de deslocamento, baseado por completo uma estrutura própria e única, em moldura estrutural própria de formato geral paralel.

    PI0302555-1

  • Cápsula de cartucho e cartucho para buracos de mina e método de uso.

    "Cápsula de cartucho e cartucho para buracos de mina e método de uso". É descrito um cartucho (10c) que compreende um corpo (12) definindo um volume para conter um material energético. O corpo (12) possui uma primeira extremidade (16) localizada adjacente à ponta (48) do buraco (46) formado em um material duro (47), e uma segunda extremidade (18) direcionada em direção à garganta (50) do buraco (4.

    PI0108798-3

  • Espoleta detonadora, para etapas de fogos secundários em mineração.

    "Espoleta detonadora, para etapas de fogos secundários em mineração". Onde uma cápsula (1) de plástico, fabricada em baixo custo, por injeção simples, a partir de molde, recebendo em seguida uma carga explosiva prensada, formando a espoleta (e) a ser amolgada ao extremo no tubo nonel (4), podendo, em outra versão, receber o revestimento de um tubinho vazado em alumínio (3), trazendo em ambas as co.

    MU8301230-3

  • Restritor de água.

    "Blindagem de escape para contenção de um jorro de água e gás". Uma blindagem de escape de explosivo tem duas partes conectadas, uma blindagem interna foraminosa (10) envolvida por uma blindagem interna externa sem perfurações (20). A blindagem interna (10) tem uma extremidade inferior aberta para absorver um sopro explosivo de água e gás, tal como de uma explosão subaquática. A blindagem interna .

    PI9709417-0

  • Elemento de ignição de um detonador, detonador e sistema de detonação sequencial.

    Um elemento de ignição de detonador que inclui um dispositivo de dissipação de energia miniatura (12; 102; 104; 225) localizado sobre um substrato (10) que forma parte de um circuito eletrônico integrado um explosivo ou composto pirotécnico (60; 222)é exposto aos efeitos da energia dissipada pelo dispositivo. O dispositivo pode ser resistivo, ser formado por um dispositivo semi-condutor, ou ser um.

    PI8706274-7

  • Detonador de retardo digital.

    Patente de invenção "detonador de retardo digital". A presente invenção descreve um detonador de retardo de extensão (tampa de explosão) que apresenta um retardo eletricamente controlado pré-selecionado entre um sinal de impulso de entrada entrando de forma não elétrica, por exemplo um tubo de choque ou outra linha de entrada de transmissão, e detonação da carga de saída do detonador. O detonador .

    PI9305208-1

  • Conjunto para detonação de matacos em fogos secundários.

    "Conjunto para detonação de matacos em fogos secundários". Formando-se uma malha (m) iniciadora de explosivos ou "plano de fogo" a partir de um conector (1) vazado por filtro central (2) e circundado por furos passantes paralelos e menores (3), sendo que pelo furo central (2) o conector (1) recebe uma espoleta (4), ao passo que, pelos furos menores (3) são passados tubos nonéis (5), deslizantes, s.

    PI0302207-2

  • Detonador de foguetes controle remoto.

    "Detonador de foguetes controle remoto". A presente invenção, tem como princípio, acionar foguetes (rojões) através de um comando por controle remoto (26), proporcionando, assim, segurança ao acionador (indivíduo) que fica distante da caixa (24) aproximadamente 50 metros. Os foguetes ficam na posição inclinada (30<198>). O dito detonador, é constituído de uma caixa (24) onde externamente estão os .

    PI0100851-0

  • Estabelecimento de atrasos de tempo em uma sequëncia de detonações explosivas.

    Patente de invenção: "estabelecimento de atrasos de tempo em uma seqüência de detonações explosivas". Um sistema de dinamitação de rocha eletricamente operado para detonar uma série de cargas explosivas (15), cada uma localizada em um furo de mina respectivo de uma série de furos de minas (12,13) espaçados formados em um local de grande quantidade de rocha, o sistema compreendendo: uma estação de .

    PI9906604-1

  • Processo de fabricação de ignitor elétrico para estopim e produto resultante.

    Caracterizado por iniciar-se com o corte do estopim (1) no tamanho adequado e, em fase seguinte, pelo recorte do mesmo, formando reentrância contornante em forma de "l" (2), seguindo-se o bobinamentodos fios magnéticos em carretel (4); posteriormente os fios rebobinados ao carretel, são ligados nosterminais do resistor, tendo as pontas estanhadas, após o que, o resistor ou ignitor (3) é introduzid.

    PI9001679-3

  • Tampão de furo e processo de colocar um tampão em um furo.

    Tampão de furo adequado para formar uma cobertura para sustentar explosivos em um nível desejado emum furo, compreendendo dois ou mais co-reagentes (3, 4) contidos de maneira tal que não se mistureminadvertidamente mas sejam misturáveis quando necessários. Os co-reagentes estão ainda contidos em umrecipiente externo (2) adaptado para retê-los quando misturados e dimensionado para ser deixado cair .

    PI8506823-3

  • Sistema conector para tubos de choque.

    Patente de invenção "sistema conector para tubos de choque " a presente invenção descreve um novo sistema para conexão de tubos de choque e similares, em sistemas de iniciação de cargas explosivas para uso industrial, mineração e desmonte de rocha. Esse sistema permite ligar um maior número de tubos de choque à espoleta iniciadora, tendo em vista que o referido sistema está baseado na conexão late.

    PI9700739-0

  • Instalação de explosão pirotécnica.

    "Instalação de explosão pirotécnica". A presente invenção refere-se a uma instalação de explosão pirotécnica compreende uma pluralidade de detonadores (3, 4), cada um com um cabo elétrico (5, 6) compreendendo pelo menos dois condutores, e uma linha de superfície à qual está conectado o cabo do detonador. A linha de superfície é formada por seções. Todas as seções compreendem um terminal ou parte f.

    PI0313356-7

  • Detonador de explosivos e processo de fabricação correspondente.

    detonador de explosivos e processo de fabricação correspondente. Esta invenção é relativa a um detonador químico que inclui uma cápsula, tendo uma ponta aberta e uma ponta fechada; e um elemento de detonação localizado na cápsula, dentro da qual um tubo de choque para iniciar o elemento de detonação é introduzido, onde a cápsula e o tubo de choque são de material plástico, e a cápsula tem um.

    PI0709536-8A2

  • Processo de enchimento de um tubo plástico detonador de onda de choque.

    A presente invenção revela um processo de enchimento de tubo condutor de onda de choque com soluçãoe/ou suspensão de substâncias inflamáveis e a consequente cristalização e deposição por volatização,pelo qual os explosivos e substâncias inflamáveis são levadas em estado de solução ou suspensão para dentro do tubo e logo em seguida, por volatização dos solventes, uma pequena camada fica seca e ader.

    PI8704330-0

  • Método para carregar explosivos em pasta fluida em orifícios de dinamitar ou em cartuchos.

    Patente de invenção:"método para carregar explosivos em pasta fluida em orifícios de dinamitar ou em cartuchos". Um método para carregar e sensibilizar um explosivo em pasta fluida em um orifício de perfuração, onde um agente de gaseificação é adicionado como um pavio fino dentro do explosivo em pasta fluida, após o explosivo ter sido bombeado no tubo de carregamento e em que o explosivo em pasta .

    PI9812813-2

  • Caixa plástica de cartucho, e, dispositivo para a fabricação desta.

    "Caixa plástica de cartucho, e, dispositivo para a fabricação desta". A presente invenção, em geral, se refere à pequena tecnologia de armas e, mais particularmente, diz respeito a cartuchos de caçada e esporte com caixas plásticas. O objetivo da invenção é aumentar os dados balísticos e resistência estrutural do produto com menor preço de sua fabricação. Esse problema é resolvido por alimentação .

    PI0205393-4

  • Disposição aplicada em suporte para lançamento de rojões.

    Patente de modelo de utilidade "disposição aplicada em suporte para lançamento de rojões". Refere-se o presente modelo a um inédito e versátil modelo de suporte para o lançamento de rojões e fogos de artifícios, propiciando maior segurança em seu lançamento para os usuários de qualquer idade, através de uma base cilíndrica vazada provida de uma barra tubular, onde encaixa-se a base inferior do roj.

    MU7701024-8

  • Peça de munição.

    Em uma peça de munição, uma bala (1) com substancialmente todo o diâmetro do calibre tem uma pluralidade de raias alongadas (2, 4) formadas helicoidalmente ou paralelas ao eixo longitudinal da bala euma armadura (6) que tem um corpo (7) e dedos (9) que entram em contato com as raias e vedam a balaem um invólucro (10), a armadura (6) tendo um diâmetro ligeiramente superior à bala (1) de modo quea a.

    PI8406941-4

  • Cartucho de munição completo.

    Um cartucho de munição completo compreende uma bala ou projétil (1) e um encosto posterior de estojo(4) montado sobre a traseira da bala (1) para selar o gás em expansão resultante do disparo do cartucho no interior do cano por trás da bala ou projétil (1). A bala ou projétil (1) tem uma protuberância cônica afilada para trás (2) e o encosto tem uma reentrância coniforme complementar (5), o ângulo.

    PI8707824-4

  • Granada de fragmentação.

    Patente de invenção "granada de fragmentação". Uma granada de fragmentação compreende uma quantidade de explosivo de alta potência (11) contida dentro de uma caixa (12, 13) e meios (29) para detonar o explosivo de alta potência (11) de modo a levar a caixa (12, 13) a desintegrar em uma pluralidade de fragmentos em alta velocidade (13) . O explosivo de alta potência (11) e a caixa (12, 13) são assi.

    PI9606498-6

  • Projétil de núcleo duro com penetrador.

    Projétil de núcleo duro com penetrador. A presente invenção refere-se a um penetrador que pode ser substancialmente influenciar o comportamento de fragmentação de um projétil. Via de regra, o penetrador é encerrado por um invólucro, que une o núcleo de projétil e o penetrador em uma unidade. Quando da incidência no corpo-alvo, inicialmente deve ocorrer uma fragmentação do invólucro de projétil, o .

    PI0513739-0

  • Elemento de sincronismo linear energético.

    "Elemento de sincronismo linear energético". Um elemento de sincronismo para um iniciador é feito a partir de um material polimérico reativo, tal como um polimero de azeto de glicidila. O material polimérico reativo pode incluir aditivos oxidantes pulverulentos, tais como amônio, perclorato e/ou óxido férrico. Os aditivos oxidantes são usados para aumento da taxa de reação e da centelha de saída d.

    PI0409817-0

  • Montagem de cartucho para armas de fogo ou armamentos.

    "Montagem de cartucho para armas de fogo ou armamentos". Sendo que a presente patente trata de uma montagem de cartucho (10) para armas de fogo ou armamentos, a referida montagem de cartucho, incluindo um corpo de suporte (11) tendo um canal longitudinal central (16), abrigando uma pluralidade de projéteis (20, 22, 24) em orientação de extremidade à extremidade e tendo uma pluralidade de câmaras p.

    PI0312195-0

  • Cartucho de espingarda para tiro com espingarda e método de atirar com espingarda.

    Cartucho de espingarda para tiro com espingarda e método de atirar com espingarda. A invenção se refere a um cartucho de espingarda para tiro com espingarda. O cartucho de espingarda inclui um invólucro (10) e uma cabeça de invólucro (11) no mesmo, na vizinhança de um escorvador (12) disposto no qual uma carga de propulsão (13) é disposta. Dentro do invólucro (10) está uma bucha de tiro (16) com p.

    PI0619575-0A2

  • Cápsula de cartucho com uma carga reduzida.

    Cápsula de cartucho com uma carga reduzida. A presente invenção refere-se a uma cápsula de cartucho (10, 210, 310, 410, 510, 610) para armas de fogo que compreende uma cápsula (11, 211, 311, 411, 511, 611) contendo uma mistura explosiva (12, 212, 312, 412, 512, 612). Na proximidade da borda periférica do fundo da cápsula há um elemento (13, 213, 313, 413, 513, 613) para redução radial do espaço in.

    PI1100195-0A2

  • Método de bombeamento, carregamento e colocação em cartucho de uma pasta.

    Patente de invenção:"dispositivo para bombeamento, carregamento e coloração em cartucho de composições explosivas". Método de bombeamento, carregamento e colocação em cartucho de uma pasta (2) ou outros produtos sensíveis que sejam perigosos ou que possam ser danificados ao passar através de bombas convencionais. A pasta (2) é introduzida em um tanque de pressão (1) e o fluido (3) é introduzido so.

    PI9712802-3

  • Processo de fabricação de um iniciador eletropirotécnico por uso de uma cola aquosa.

    "Processo de fabricação de um iniciador eletropirotécnico por uso de uma cola aquosa". A presente invenção refere-se a um processo de fabricação de um iniciador eletropirotécnico (1), compreendendo uma laca pirotécnica (6) iniciada por um elemento resistivo aquecedor (11). A laca pirotécnica é obtida por depósito, sobre o elemento resistivo, de uma cola aquosa constituída de uma dispersão de uma s.

    PI0205261-0

  • Projétil de caça de desintegração.

    "Projétil de caça de desintegração". A desintegração de um projétil no corpo da caça após a penetração no mesmo determina a emissão de energia do projétil e, com isso, o efeito do tiro. Em caça fraca é necessária uma desintegração diferente daquela em caça grande. De acordo com a invenção, portanto, se propõe um projétil de caça de desintegração como projétil encamisado, caracterizado pelo fato de.

    PI0212731-8

  • Munição para arma de pequeno, médio ou grosso calibre.

    Patente de invenção "munição para arma de pequeno, médio ou grosso calibre". A invenção se refere às munições de tipo flecha. A munição da invenção é do tipo que compreende um sub-projétil (2) que possui uma empenagem (6), associado a um lançador (10) com o mesmo calibre da arma, o conjunto se encontrado pelo menos parcialmente incluído em um cartucho (c) que compreende por outro lado uma bucha es.

    PI9506426-5

  • Munição encamisada com núcleo de uma peça.

    Munição e encamisada com núcleo de uma peça. A presente invenção refere-se a um projétil emcamisado que tem um núcleo de aço de uma peça, fornece bom desempenho em relação à pressão da câmara, desgaste do cano e precisão, separando a camisa de uma porção conificada central do núcleo fornecendo um espaço de ar circundante que facilita a estampagem da camisa durante o disparo.

    PI0507941-1

  • Processo para fabricação de munição rastreável.

    "Processo para fabricação de munição rastreável". A presente invenção contempla um processo para a fabricação de munição rotulada com uma seqüência de caracteres que permite a identificação de múltiplos dados, sendo a referida seqüência de caracteres gravada a laser em um ou mais componentes da referida munição, permitindo uma identificação inequívoca a partir da recuperação de um componente grava.

    PI0409550-2

  • Foguete aeronaval.

    Patente de invenção de uma aeronave denominada "foguete-aeronaval". A presente invençãom refere-se à uma aeronave denominada "foguete-aeronaval", que tanto pode voar nas altas camadas atmosféricas, como mergulhar nas águas oceânicas e prosseguir como um foguete-submarino, sem precisar de qualquer tipo de combustível que inclui, gasolina, querosene, óleo diesel, hidrogênio líquido, álcool, e ou com.

    PI9501057-2

  • Cartucho com ignição elétrica para armas de cano raiado.

    Patente de invenção de um cartucho com ignição elétrica para armas de cano raiado onde a inflamação inicial do propelente (8) se dá pela geração de alta temperatura mediante a corrente elétrica que atravessa dispositivo interno ao estojo metálico (4), o qual possui uma só abertura, utilizada para acomodar o projétil (12 ou 28). O dispositivo responsável pela alta temperatura é um suporte (7 ou 14).

    PI9101332-1

  • Aparelho de recuperação para um torpedo de treinamento.

    Um aparelho de recuperação para torpedo de treinamento construído de modo a ser uma réplica de um torpedo operacional. O torpedo de treinamento é um alojamento oco alongado substancialmente similar emformato a umtorpedo operacional. A parte de ogiva é uma carcaça tendo uma parte dianteira e uma parte traseira, a parte dianteira sendo uma cavidade cilíndrica que estende-se longitudinalmente para de.

    PI9003879-7

  • Disposição introduzida em foguete.

    Utilizado emfestas juninas ou outras comemorações tendo um cabo cilíndrico que se encaixa no vão ocode umoutro foguete, fazendo um alongamento, e proporcionando maior segurança ao usuário.

    MU6600626-0

  • Dispositivo recuperador de cartuchos de armas de fogo.

    "Dispositivo recuperador de cartuchos de armas de fogo". Trata o invento de um dispositivo, apropriado para reaproveitamento de cartuchos, que utiliza prensa de mesa, prevendo êmbolo (d), peça calibradora "die" (e), que será substituído de acordo com o calibre, junto à porca de montagem (1), que é introduzida com o êmbolo atuador (2) e um parafuso de fixação do "die" (e1), no corpo cilíndrico com .

    PI9903544-8

  • Projétil perfurante.

    O projétil comporta: um projétil principal (1) tendo o calibre da arma e no qual é prevista pelo menos uma perfuração axial (2) alargada para frente; um projétil auxiliar (3), alojado nessa perfuração(2), tendo o calibre dessa perfuração (2), uma carga propulsora (4) sendo disposta entre o fundo dessa perfuração (2) e esse projétil auxiliar (3); um dispositivo de acionamento (5) para ignição da ca.

    PI8807074-3

  • Disposição introduzida em fogos de artifícios, do tipo rojão.

    "Disposição introduzida em fogos de artifícios, do tipo rojão". Compreende a presente patente de modelo de utilidade a um a uma disposição construtiva aplicada a fogo de artifício, do tipo rojão, constituída de um kit para sua produção e uso. Kit este, conformando uma cápsula envolvente (1) formado por duas câmaras comunicantes (2 e 3) com tampa (4) ou ogiva; sendo uma das câmaras (2) para acondi.

    MU7800131-5

  • Conjunto de circuito eletrônico resistente ao choque.

    Conjunto de circuito eletrônico resistente ao choque uma unidade de circuito eletrônico resistente a choque (10) é estipulada, na qual um circuito eletrônico está encerrado numa encapsulação (14) que se encaixa em um invólucro circundante (18,22) em contato dispersante de choque. A encapsulação pode ter uma série de extremidades (16,16a,16b), nervuras (24), ou tachões (70) que tocam o invólucro. A.

    PI9712479-6

  • Rojão de confetes.

    Patente de modelo de utilidade de um rojão que lança confetes e proporciona uma chuva de confete. O invento é um rojão com o propósito de expelir, lançar papel picado, papel brilhante picado, serpentinas, confetes, pequenos papéis com propaganda publicitária ou política, adereços de pára-quedista, tudo de maneira a obter o efeito visual de chuva de papel caindo, chuva de uma porção de confete que .

    MU7400944-3

  • Processo e instalação para enchimento de munições.

    Processo para enchimento de munições compreendendo os estágios de: receber e derreter o explosivo sólido em partículas, misturar o explosivo, derretido e dosá-lo e enviá-lo para uma câmara de vácuo onde ele é, em estado líquido, carregado nos recipientes da munição (cascos) os quais são então transportados para uma unidade de preparação do alojamento do reforçador/detonador de espoleta. Instalação.

    PI8601091-3

  • Bala.

    É descrita uma bala de ponta oca com revestimento metálico (110) que possui uma porção de revestimento (120) que se prolonga dentro da extremidade frontal aberta e oca (116) da bala. A porção do revestimento na extremidade frontal oca possui uma pluralidade de fendas radiais e de dentes pontudos reforçados (126) entre as mesmas. Um orifício cego vazio (l28) prolonga-se das pontas dos dentes (126)a.

    PI9306168-4

  • Lançador de segurança para fogos de artifício.

    Patente de invenção "lançador de segurança para fogos de artifícios". Refere-se a presente invenção um lançador para fogos, dotado de um dispositivo verticalizador do mesmo que obriga a sua correta operação, a ignição se dá através de corrente elétrica ou chama de gás, eliminando a necessidade do estopim e suas implicações, que no caso da versão elétrica constituindo-se de caixa (1), tampa do comp.

    PI9605599-5

  • Cabeça-de-combate submarina.

    A invenção refere-se a uma cabeça-de-combate submarina que é disposta de modo a ser separada de um míssil, como, por exemplo, um cartucho transportador ou semelhante, sobre uma área-alvo. A cabeça-de-combate submarina compreende uma parte ativa, um detector de alvo (2) e um plano de sustentação (3),tanto o detector de alvo (2), quanto o plano de sustentação (3) sendo, cada um deles, dispostos, dem.

    PI9005285-4

  • Subcabeça de combate.

    É prevista para separada de um míssil, por exemplo de uma carcaça portadora ou similar, sobre uma área de alvo, a subcabeça de combate compreendendo uma parte ativa (4), um detector de alvo (5) e um mecanismo que imprime à subcabeça de combate uma rotação para exploração da área alvo numa configuração helicoidal durante a descida da subcabeça de combate no sentido da área alvo. O detector de alvoé.

    PI9101337-2

  • Projétil de baixo calibre e método de fabricação de um tal projétil.

    "Projétil de baixo calibre e método de fabricação de um tal projétil". A presente invenção se refere a um projétil composto para um projétil de baixo calibre, em particular munição de calibre fino, compreendendo um sapato (8) (base ou suporte de transmissão de impulso que posiciona um projétil em um tambor de arma ou tubo de lançamento e que previne o escape de gás à frente do projétil), o qual, q.

    PI0109695-8

  • Disposição construtiva em artefato para show pirotécnico.

    Patente de modelo de utilidade "disposição construtiva em artefato para show pirotécnico", desenvolvido para oferecer maior segurança e total eficiência funcional devido à concepção construtiva que compreende um cartucho (1) de papelão ou similar contendo porção de pólvora (2) e componentes de efeito pirotécnico "baladas" (3), sendo fixado na parte inferior deste, um invólucro (4) contendo pólvora.

    MU7400434-4

  • Granada para espingarda.

    A granada para espingarda compreende em uma de sua extremidades um tubo (1) destinado a ser introduzido sobre o cano de uma espingarda e em sua outra extremidade um foguete (3) e uma cabeça (4) contendo uma carga explosiva (5), esse tubo (1) comportando a montante do foguete (3) um alojamento de bala (6) e uma carga auxiliar (7) depólvora propulsiva protegidos das agressões exteriores por uma pare.

    PI8705540-6

  • Configuração aplicada a impulsor de rojão colorido.

    "Configuração aplicada a impulsor de rojão colorido". Rojões são foguetes que se levantam com trajetória vertical do solo e que produzem efeitos de luzes coloridas e acústicos quando explodem. Uma forma de se fazer o rojão ficar mais atrativo é substituir a carga de pólvora negra prensada por uma massa que, quando inflamada, emite uma vivida luz colorida. Essa massa, no entanto, tem o inconvenient.

    MU8203136-3

  • Munição cinética de sub-calibre.

    Do tipo que inclui um penetrador em forma de seta provida de ponta anterior e empena posterior, umasapata de propulsão descartável e dividida em múltiplos segmentos longitudinais envolvendo a porçãocentral do penetrador e um estojo reaproveitável adaptado ao extremo traseiro da sapata e preenchidocom uma carga de propelente, sendo os segmentos de sapata providos de um anel anterior de guia e fecha.

    PI8802642-6

  • Projétil plástico para treino.

    Patente de modelo de utilidade "projétil plástico para treino", compreendendo um artefato balístico para treino de tiro, concebido inteiramente em plástico e contendo somente a espoleta como componente de detonação, sendo que a cavidade (7) dessa espoleta (8) contém um afunilamento (6) que aumenta seu rendimento e a resistência do estojo (4).

    MU7300328-0

  • Disposição introduzida em foguete.

    Patente de modelo de utilidade para "disposição introduzida em foguete", constituído de um corpo tubular (1), aberto em ambas as extremidades, feito em papelão, com dimensões variáveis, alojando internamente uma arruela superior (2), abaixo da qual estão as bombas amarradas (3) e, abaixo destas, a carga detonante (4) com espoleta (5) esta coberta por um selo (5a) a ser retirado no momento do uso, .

    MU7302316-7

  • Cartucho rastreador para caça.

    Patente de invenção: "cartucho rastreador para caça". Um cartucho para espingarda tem um rastreador e um chumaço dotado de um copo concentrador (6). A placa inferior (7) do chumaço é formada com enfraquecimento que quebram quando o tiro de forma que a placa inferior desliza para frente no chumaço. O rastreador é um elemento esférica (23) portando uma cauda cilíndrica (24) na qual a carga rastreado.

    PI9404891-6

  • Iniciador com carga de ignição folgadamente socada e método de montagem.

    Iniciador com carga de ignição folgadamente socada e método de montagem um iniciador (100) montado em um alojamento (112) uma carga de saída (144) e um meio de iniciação (110, 120, 58, 54) inclui uma carga de ignição pulverosa (46a) disposta em relação de iniciação direta com o meio de iniciação e uma carga de saída (144) que pode conter uma carga pulverosa de transição de deflagração para detonaç.

    PI9808511-5

  • Projétil comportando sub-projéteis com zona de eficácia prédefinida.

    A invenção tem por objetivo um projétil que forma a cabeça de um vetor tendo uma trajetória balística (t) definida e comportando sub-projéteis, ejetados em um determinado instante (a) sobre a trajetória do projétil e correspondendo a uma zona de impacto pré-definida. No projétil principal, os sub-projéteis são arrumados de tal maneira que: - de um lado, eles sejam ejetados seguindo uma direção con.

    PI8707096-0

  • Foguete a jatos.

    Patente de invenção de uma aeronave denominda foguete-à-játos. A presente invenção, refere-se à uma aeronave denominada "foguete-à-játos, que pode permanecer no ar em vôo o tempo que quiser, desejar ou precisar. A aeronave, o foguete-à-jatos, não consome nenhum tipo de combustível que inclui, gasolina, querosene, óleos diesel, hidrogênio líquido, álcool, e ou combustível atômico e nuclear. A aero.

    PI9501059-9

  • Aperfeiçoamento em cartucho reutilizável para armas de fogo de grosso calibre.

    Tais como: espingardas calibre 12, armas de paintball, etc., Sendo constituído por um conjunto plástico formado pelo corpo (1) tubular, com paredes grossas, em cujo bocal é introduzido o projétil esférico (3) de plástico, borracha, madeira, cápsula de paintball ou outros, sendo dito corpo (1) dotadoopcionalmente de ranhuras externas, havendo uma flange (5) em sua base, sendo que o corpo (1) sofreu.

    MU7501613-3

  • Cartucho químico eletrotérmico e processo para a fabricação de um cartucho químico eletrotérmico.

    "Cartucho químico eletrotérmico e processo para fabricação de um cartucho químico eletrotérmico". Um cartucho químico eletrotérmico (10) com uma espoleta (8) de seção transversal afunilada permite que a energia de impulso mais alta seja imprimida a um projétil (6) por meio de queima total controlada do propulsor (24). Um tubo longo e estreito (16) cheio com propulsor (24) possui uma espoleta (18) .

    PI9510547-6

  • Projétil para ação contra alvos vivos sem risco letal para estes.

    Patente de invenção: "projétil para ação contra alvos vivos sem risco letal para estes". Um projétil (2), com o qual se pode agir de maneira ativa contra alvos vivos, como pessoas que utilizam de violência (8) em demonstrações, sem risco letal. O projétil mencioando (2), exibe um coxim dobrado, inflável (5) na região anterior de projétil, uma fonte de pressão (6) parea enchimento do coxim (5) e.

    PI9609852-0

  • Envoltório para embalar um detonador, conjunto de embalagem e embalagem de explosivos.

    Patente de invenção: "embalagem de detonador". É divulgada uma embalagem de detonador compreendendo um envoltório (10), uma caixa para reter uma pluralidade de envoltórios e espaçadores para separar e organizar dentro da caixa. O envoltório (10) é formado a partir de uma pluralidade de seções conectadas (12, 14, 16) de material relativamente denso, tal como homeosote. Uma abertura ou furo (34) est.

    PI9611630-7

  • Dispositivo disparador de uso específico.

    Concebido para efetuar o lançamento de material derivado principalmente de papel, como por exemplo, serpentina, confete e congêneres, o "dispositivo disparador de uso específico" em causa, consiste, basicamente de um cône (1) ou corpo cônico, no interior do qual é instalada uma peça em forma de taça (20), esta provida de um furo passante num de seus extremos, elaborado para a passagem de um cordão.

    PI9401070-6