PatentesOnline - Pesquisa de Patentes no Brasil

Classificação de Patentes

Índice:
D Têxteis; papel
D01 Linhas ou fibras naturais ou artificiais; fiação
Seção Descrição
D01B Processamento mecânico de materiais naturais fibrosas ou filamentares para obtenção de fibras ou filamentos, por ex.,
D01C Tratamento químico de matérias naturais filamentares ou fibrosas para obtenção de filamentos ou fibras para fiação
D01D Métodos ou aparelhos mecânicos para a manufatura de filamentos, linhas, fibras, cerdas ou fitas artificiais
D01F Características químicas da manufatura de filamentos, linhas, fibras, cerdas ou fitas artificiais; aparelhos
D01G Tratamento preliminar de fibras, por ex., Para fiação
D01H Fiação ou torção

Exemplos de patentes nesta classificação:

  • Processo de tratamento por estiramento de cada fibra individual de qualquer tipo.

    A presente invenção apresenta processo pelos quais qualquer fibra cortada ou filamento contínuo pode ser processado por estiramento de tal maneira que a estrutura molecular de fibra interna é orientada ao longo do eixo geométrico do feixe de fibras. Com somente a aplicação simples contínua e simultânea de uma única tensão de estiramento dinâmica, e uma única força de torção dinâmica que são corret.

    PI9008011-4

  • Processo e dispositivo para detectar e remover corpos estranhos em material fibroso.

    Patente de invenção: "processo e dispositivo para detectar e remover corpos estranhos em material fibroso". As fibras poluídas são transportadas de modo pneumático, de forma solta, num canal de apresentação (1), de cima para baixo, passando por um campo de sensores. A disposição de sensores (2, 2'), de preferência, consiste de câmaras ccd, ligadas em série. O transporte contínuo, mais ou menos em .

    PI9608125-2

  • Aparelho e processo para o processamento de fibra animal, particularmente lã crua.

    A invenção proporciona um aparelho para o processamento de lã e um processo de solvente correspondente utilizando o aparelho. O aparelho inclui uma entrada (2) para a admissão de lã crua (gordurosa), e um primeiro reservatório (3) ao qual a lã é primeiramente admitida. A lã no primeiro reservatório (3) é molhada como através do borrifo de solvente do bocal (11) e cai em um banho de solvente (13). .

    PI9200218-8

  • "Processo químico e respectivo meio aplicativo para a extração do linter de sementes de algodão".

    O presente pedido descreve um processo químico que associado a condições térmicas específicas, promove a produção de gases em um meio mecânico especialmente concebido, tendo em vista a completa extração do linter presente nas sementes de algodão após as operações iniciais de retirada da pluma. O tratamento químico propriamente dito emprega cloreto de sódio (nacl), ácido sulfúrico (h2so4), sulfato .

    PI9408712-1 MU7401608-3

  • Monofilamento aramida e processo para se obter o monofilamento.

    Processo permitindo produzir este monofilamento. Extruda-se de uma solução (2) de poliamida(s) aromática(s) em uma fieira (9)., Estira-se o jato em uma camada (13) de fluido não coagulante e introduz-se a veia líquida estirada em um meio coagulante (19). Lava-se o monofilamento (20), seca-se e coloca-se o mesmo em contato com um solvente deste monofilamento. Conjunto de tais monofilamentos. Artigo.

    PI9106241-1

  • Processo de produzir seda crúa ou grege paralela composta.

    O processo de produzir seda crua ou grege paralela composta por um processo e aspear seda que compreende recolher os filamentos em torno de um fio-núcleo consistindo em um fio não derivado de casulo easpeando o fio assim composta sobre uma pequena aspa através de um canal em que o processo compreende a execução do aspeamento à uma alta velocidade de aspeamento de pelo menos 350 m/min de forma a im.

    PI9002560-1

  • Aparelho para produzir um fio.

    "Aparelho para produzir um fio". A presente invenção refere-se a um aparelho para produzir um fio que inclui um estágio de torcedura alternante (4) adaptado para simultaneamente torcer uma ou mais fibras soltas para produzir um ou mais cordões torcidos, que inclui um ou mais rolos (6a, 6b) dispostos para mover alternadamente (b) ao longo do eixo geométrico de rotação do(s) rolo(s) para impor uma t.

    PI0315627-3

  • Dispositivo com ressonador de microondas e máquina de preparação de laminador de fiação.

    "Dispositivo com ressonador de microondas e máquina de preparação de laminador de fiação". É revelado um dispositivo, compreendendo um ressonador de microondas para, ou em uma máquina de preparação de laminador de fiação com equipamento de tiragem 2 para fiar material de fibra fb no formato de meada, especificamente uma máquina de cardar, fiar ou pentear, pelo que o ressonador 30 é projetado para .

    PI0407241-3

  • Processo para obtenção de fios de poliamida e fios de poliamida obtidos.

    A presente invenção tarata de um processo para obtenção de fios de poliamida e dos fios obtidos, melhorando a produtividade quando da fiação de um fio pré-orientado a uma velocidade de ao menos 4000 m/min. O processo desenvolvido compreende a introdução no polímero fundido, antes da fiação, de uma quantidade de 0,05 a 1% em peso de sílica de combustão de dimensão particular compreendida entre 5 e .

    PI9202261-8

  • Dispositivo de manuseio de módulo cilíndrico.

    Dispositivo de manuseio de módulo cilíndrico. Um dispositivo de retenção é provido para manusear módulos de algodão cilíndricos, cada tendo sua circunferência envolta com um comprimento de material de envolvimento de folha de plástico. O retentor é equipado com uma leitora de rfid para determinar o local de uma seção de cauda interna solta do material de envolvimento no qual é fixada um conjunto d.

    PI0804371-0A2

  • Dispositivo para deslintar sementes de algodão.

    Descreve-se um dispositivo para deslintar sementes de algodão o qual é de construção simples, não danifica as sementes e é antipoluente. O dispositivo compreende uma unidade (4) dotada de discos superpostos (20, 21), interespaçados por uma distância da mesma ordem da maior dimensão de uma semente de algodão pelo menos parcialmente lintada, o disco superior (20) sendo fixo e o disco inferior (21) r.

    PI9401501-5

  • Equipamento para processo e obtenção de manta, a partir de fibra de caule de bananeira.

    "Equipamento para processo e obtenção de manta, a partir de fibra de caule de bananeira". Onde, através de uma seqüência de módulos específicos, será processado o caule (c) da bananeira, colhido diretamente da plantação, alojado em um carrinho (1) movimentado sob um trilho (15), desfiando-se o caule (c) sob ação de uma faca giratória (31), passando-se as fibras obtidas para etapas de cozimento em .

    PI0303480-1

  • Alimentador de máquina descorticadora de rami e fibras similares.

    Apresentado como características principais a previsão de uma presilha condutora, levada por corrente ou esteira (1), presilha esta composta por duas placas (5) (6), articuladas entre si disporem-se em "v", revelando tais presilhas rodízios (7) e (8) que evoluem em um trilho (9), e rodízios (10) queevolui entre trilha (11), paralela ao trilho (9) exceto em setor de retorno oposto àquele em que see.

    PI8304049-8

  • Máquina semiportátil para o desfibramento de fibras vegetais.

    Descreve-se uma máquina desfibradora (10)adequada para efetuar o desfibramento de fibras vegetais (24) que compreende uma unidade desfibradora (15) e uma unidade de transmissão de acionamento (16) interligadas por dispositivos de acoplamento(17,18) e acionadas por motor a explosão, elétrico ou assemelhado. A unidade desfibradora(15) inclui uma mesa de alimentação horizontal (23), uma entrada de al.

    PI9000051-0

  • Máquina para desfibrar fibras vegetais.

    Descreve-se uma máquina para desfibrar fibras vegetais do tipo agave, caruá, juta ou assemelhado, aqual compreende uma disposição constituída por um mecanismo desfibrador (20), uma estrutura de suporte (11), meios de acionamento (13, 14, 16, 17), um transportador (15) e uma disposição de proteção (12) que circunda todo o mecanismo desfibrador (20). O mecanismo desfibrador (20) compreende um primei.

    PI8702739-9

  • Aperfeiçoamento em equipamento móvel para enfardar algodão em rama.

    "Aperfeiçoamento em equipamento móvel para enfardar algodão virgem",que compreende um módulo de rodas, atrelável a um trator, para mobilidade e fornecimento de energia para seus sistemas mecânicos de ação hidráulica. O conceito baseia-se na desmontabilidade de todo o módulo enfardador. Vale ressaltar que, um sistema de travas, que possibilita o rebaixamento fda torre hidráulica que exerce a compre.

    PI9702637-9

  • Fiandeira portátil semi-automática.

    Trata o presente modelo de uma fiandeira portátil, semi-automática, para desenrolar os casulos do bicho-da-seda e transformá-los em fio de seda em forma de meadas, para posterior beneficiamento e, também, para o repasse de fios diversos. A fiandeira é constituída de um corpo principal (1) dotado externamente de botão de seleção de velocidade (2) e pedal de acionamento (17), com botão (18), em suas.

    MU7200360-0

  • Mini descaroçador de algodão.

    Patente de invenção de um "mini descaroçador de algodão" que compreende uma base, em cantoneiras metálicas (2), uma caixa metálica (1) de formato especial, um duplo sistema de acionamento. O setor técnico do qual pertence a presente invenção é o de fiação de algodão. A singularidade da invenção reside no fato de ser facilmente operada para descaroçar "algodão bruto", desde o de fibra curta (herbác.

    PI8705273-3

  • Aparelhagem para remover fibras de algodão em caroço; e processo para beneficiar algodão em caroço.

    Trata-se de uma aparelhagem para remover as fibras de algodão em caroço, que inclui vários rolos degaiola livremente giratórios, os quais são colocados substancialmente em paralelo entre si. Os vários rolos giram em ume trajetória continua que tem um primeiro lado para receber o algodão em caroço.Vários rolos de pinçagem são colocadosconfrontantes a um segundo lado da trajetória continua. Existeum.

    PI9003838-0

  • Descaroçadeira de algodão com aproveitamento total de qualquer comprimento de fibra.

    Um descaroçador de algodão com aproveitamento total de qualquer comprimento de fibra, por descaroçarqualquer tipo de algodão sem quebra de fibra, dando uma homogeneidade perfeita na pluma, por ter umprincípio de funcionamento exclusivo com duas navalhas móveis vibratórias em alinhamento uma com aoutra e uma fixa flexível, pelo diâmetro específico do rolo desprendedor de fibras que, com as referida.

    PI8505392-9

  • Disposição introduzida em máquina de beneficiamento.

    A presente disposição se aplica em máquina para beneficiamento de algodão e consiste de células (1) adaptáveis e intercambiáveis, dotadas de câmara (7) maior inferior, a qual recebe um braço (6) que determina a formação de uma antecâmara "a" por onde penetram as fibras do algodão processado, sendo que tal célula trabalha em conjunto com o rolo (4) de pinos ou extrator de sementes que acompanham as.

    PI9006637-5

  • Método para matar pupa.

    Um método para matar um casulo eficientemente para produção de seda em bruto, que compreende colocação de casulos como tal ou em um saco permeável a gás em um saco ou recipiente dificilmente permeável a gás, soprando gás de `oxido de etileno no mesmo, e mantendo-se o casulos em tal estado por um período de tempo apropriado.

    PI9008015-7

  • Conjunto de equipamentos e processo para deslintamento total das sementes de amendoim.

    Compreendido pela unidade de deslintamento químico(1), unidade separadora de pó (2), unidade neutralizadora (3), unidade de pré-limpeza (4), unidade deseparação gravitacional (densimétrica) (5), unidade para tratamento líquido (6) fitossanitário (agrotóxico), ou pó, moega de alimentação (7), moega de ensaque final e, ainda, um gerador de gás corrosivo obtido através da saturação a partir da adição.

    PI8804632-0

  • Processo de fabricação de fio de seda de maior consistência e resistência.

    "Processo de fabricação de fio de seda de maior consistência e resistência", compreendendo a disposição de grupos de casulos (1 e 2) do bicho-da-seda, flutuantes em água (3), a junção (b) dos filamentos (a) dos mesmos e a junção dos fios singelos resultantes em fios torcidos (c), e o aumento da junção (b) de 6 cm para 12 cm, o aumento de voltas desta junção de 92 voltas para 175, aumento da rotaçã.

    PI9815805-8

  • Nebulizador de liquidos para agregar fibras texteis.

    A presente patente refere-se a um objeto desenvolvido especificamente para funcionar em equipamentos de fragmentação/ fiação de fibras de algodão, onde após fragmentados os fardos de algodão, as fibras são transportadas em suspensão por uma tubulação com corrente de ar sendo tais fibras submetidas a um processo de nebulização onde nelas se impregna uma substância agregadora e anti-estática que fav.

    MU7200632-3

  • Processo para obtenção de fibras naturais a partir do bagaço da cana de açucar.

    Processo para obtenção de fibras naturais a partir do bagaço da cana de açucar. Refere-se a presente patente de invenção a um processo que permite obter fibras naturais ideal para utilização com materiais compostos, a partir do bagaço da cana de açúcar originados de usinas de açúcar e álcool, contribuindo para preservação do meio ambiente, uma vez que estes materiais são queimados. Um dos objetivo.

    PI0705436-0A2

  • Aparelho melhorado para remover o fiapo da semente de algodão.

    Aparelho melhorado para remover o fiapo da semente de algodão. Um aparelho do delinter para o algodão de semente inclui um sistema do deslocamento do parafuso do jaque para um gratefaíl que abra o aparelho para a remoção de um cilindro da serra ao incitar um plurality de tensores tensionando da correia em uma posição relaxada tais que a correia da movimentação para o cilindro da serra pode ser rem.

    PI0610900-4

  • Máquina semi-automática para despolpamento de sisal.

    Máquina semi-automática para despolpamento de sisal. Patente de modelo de utilidade de uma maquina despolpadora de sisal que opera de forma semi-automática utilizando um chassi (01) integrado por perfis metálicos e um sistema de mobilidade e sobre o qual estão afixados o motor (02), um sistema de despolpamento e o sistema de alimentação que é constituído por um eixo (08) que, através do sistema de.

    MU9000309-8U2

  • Máquina de enrolar linha em haste de capim dourado.

    Máquina de enrolar linha em haste de capim dourado. Trata-se de uma máquina de enrolar linha em capim haste de capim dourado concebida perfis de aço rápido, conhecidos no mercado como tubutão. Tem um sistema de fixação do capim dourado em uma presilha ligada diretamente a um motor de corrente continua com velocidade variável. Um carro comporta a linha que é enrolada no feixe de hastes de capim dou.

    PI0804792-8A2

  • Processo de obtenção de tecido à base de fibra de juta.

    "Processo de obtenção de tecido à base de fibra de juta". O presente pedido refere-se a um processo de obtenção de produtos têxteis à base de fibra de juta o qual aplica-se a confecção de vestuário e outros usos. O processo possibilita obter fios mais finos sem a presença de fiapos característicos da fibra de juta, reduzindo-se assim sua aspereza o que o torna adequado para a confecção de tecidos .

    PI0400442-6

  • Confecção de sacolas, bolsas e outros com tecido à base de juta ou de malva, pura ou com misturas.

    Conifecção de sacolas, bolsas e outros com tecido à base de juta ou de malva, pura ou com misturas constituído por confecção de sacolas retomáveis (1), (2) e (3), de mochila (4), de porta-canetas (5); de necessaire (6) ou outros, com a utilização de tecido de juta ou de malva (7), reforçada internamente com uma entretela (8) ou um material similar natural ou não; a sacola (1) com superficie lisa p.

    C10400442-6E2

  • Método e processo de obtenção de fibras de nanocelulose, fibras de nanocelulose e uso das mesmas.

    Método e processo de obtenção de fibras de nanocelulose, fibras de nanocelulose e uso das mesmas. A presente invenção refere-se a um método e um processo de obtenção de fibras de nanocelulose, a partir de uma matéria-prima rica em celulose em que o aperfeiçoamento consiste na seleção de uma matéria-prima rica em celulose sem desidratação prévia preferencialmente selecionada dentre fibras de algodã.

    PI1006335-8A2

  • Sistema de filtragem de dopante.

    Patente de invenção "sistema de filtração de dopante" um sistema de filtragem para filtrar dopante de uma planta de produto fiado com solvente, em que o dopante a ser fiado flui de uma fonte de suprimento (10) atráves de uma série de conjuntos de filtro (15,21,23) para jatos (22(b)) de cada cabeçote de fiação (22). O sistema de filtragem compreende, em série de fluxo, um conjunto de filtro de prim.

    PI9406112-2

  • Processo de fiação,a velocidade elevada, de filamentos a base de polihexameti leno adipamida.

    A presente invenção concerne a um processo simplificado para a fiação de poliamida a grande velocidade, com chamada direta para a bobinadeira dos filamentos obtidos. Os filamentos são resfriados transversalmente sob a fieira por meio de um fluido gasoso tendo um teor em umidade de aproximadamente 75%; reagrupados e encima dos simultaneamente a uma distância da fieira compreendida entre 50 e 80cm,d.

    PI8400705-2

  • Processo para a produção de fibras celulósicas.

    "Processo para a produção de fibras celulósicas". A invenção refere-se a um processo para a produção de fibras celulósicas por extrusão de uma solução de celulose em um óxido de amina terciária através de furos de fiação de um bocal de fiação e condução dos filamentos extrudados em um banho de precipitação através de um espaço de ar enquanto estão sendo estirados, os filamentos no espaço de ar sen.

    PI0112036-0

  • Dispositivo para a execução de um processo para fiação a seco ou úmido.

    Patente de invenção: "disposistivo para a execução de um processo para fiação a seco ou a úmido". A invenção refere-s a um recipiente para a recepção de líquido para o banho de fiação para a execução de um processo para fiação a seco ou a úmido, em cujo processo, uma massa para fiação é extrudada em um meio em forma de gás, por uma fieira com alta densidade do furo para fiação, sendo que é dormad.

    PI9506858-9

  • Processo para preparar fibras de diacetato de celulose, e a dita fibra.

    "Processo para preparar fibras de diacetato de celulose, e a dita fibra". É divulgado um processo em escoamento laminar para preparar fibras de diacetato de celulose. No processo, uma corrente de ácido de precipitação e uma corrente de ácido-dopante são postas em contato em uma zona que tem escoamento substancialmente laminar. A corrente de ácido-dopante é disposta anularmente dentro e escoa na me.

    PI9612026-6

  • Processo e aparelhagem para formação de um feixe de filamentos a partir de uma solução de fiação.

    Patente de invenção "processo e aparelhagem para formação de um feixe de filamentos a partir de uma solução de fiação". São expostos aparelhagem e processo para fiar filamentos a partir de um material como dopante de acetato de celulose. Os filamentos são fiados a partir de uma fieira no topo de um gabinete verticalmente alongado. Gás é primeiro dirigido paralelamente ao filamentos à medida que e.

    PI9306808-5

  • Processo para estiramento e aquecimento de fios, fibras de poliéster e sua aplicação.

    É descrito um processo especialmente cuidadoso e rápido para aquecimento e estiramento de fios que correm, sem contato, por uma instalação de aquecimento. O processo compreende as medidas: i) pré-aquecimento de um gás condutor de calor para uma temperatura que se encontra acima da temperatura de fio desejada, ii) condução do gás condutor de calor pré-aquecidos para o canal de fios de tal forma que.

    PI9302819-9

  • Processo para produção de fibras de polímero termoplástico por fiação em fusão.

    Processo para a produção de fibras de polímero termoplástico por fiação em fusão caracterizadopelo fato de que um copolímero alternado de um composto olefinicamente não-saturado e monóxido de carbono,contendo um peso molar de pelo menos 2000, é fiado fundido a uma temperatura de pelo menos (t+20) ke a fibra é subseqüentemente alongada a uma temperatura de no máximo (t-10) k, na qual t é o pontode .

    PI8805005-0

  • Sistema de fiação ergonômico.

    "Sistema de fiação ergonômico". A invenção refere-se a um sistema (1) para a produção de corpos moldados sem extremidade (2) a partir de um composto de moldagem tal como uma solução de fiação que contém água, celulose e óxido de amina terciária. Para produzir os corpos moldados sem extremidade, são utilizados dispositivos de fiação que compreendem uma cabeça de extrusão (3), através da qual o comp.

    PI0215577-0

  • Transformação rotativa em fibras de asfalto.

    "Transformação rotativa em fibras de asfalto" . Um método para produzir fibras de asfalto (26) inclui o suprimento de asfalto derretido (20) para um rotor rotativo para asfalto (10), a centrifugação de fibras de asfalto (22) do rotor para asfalto (10), e a coleta das fibras de asfalto (26). O asfalto derretido (20) é suprido para o rotor para asfalto (10) a uma temperatura contida na faixa de cerc.

    PI9510479-8

  • Processo de fiação, a velocidade elevada, de filamentos à base de politereftalado de etileno glicol.

    Processo simplificado de fiação de fios à base de politereftalato de etileno, a grande velocidade ecom chamada direta paa a bobinadeira. Após sua saída da fieira, os filamentos são resfriados por meio de um fluído gasoso, simultaneamente reagrupados e encimados em um ponto de convergência situado auma distância c1 da fieira tal que co< c1 < co + 30cm, correspondendo o valor co ao primeiro ponto pa.

    PI8400706-0

  • Processo para a produção de um artigo conformado de celulose.

    A fim de produzir um artigo conformado de celulose, uma solução de óxido de amina-celulose é forçada através de um bocal ou através de uma abertura, subseqúentemente conduzida através de uma abertura de ar e finalmente coagulada num banho coagulante. De acordo com a invenção, não ocorre estiramento na abertura de ar, isto é, a razão de velocidade de escoamento para velocidade de saída do orifício .

    PI9200035-5

  • Monofilamentos com uma estrutura de núcleo/camisa, processo para sua produção, e suas aplicações.

    São descritos monofilamentos com estrutura de núcleo/camisa com um núcleo de um poliéster ou copoliéster termoplástico e uma camisa contendo um poliéster termoplástico, que são caracterizados pelo fato de que o poliéster ou o copoliéster tem um ponto de fusão de 165 até 290°c, de preferência de 220até 240°c e se constitui em pelo menos 70%, em moles, com relação à totalidade de todos os grupos dec.

    PI9601228-5

  • Processo para a fabricação de fios lisos.

    A invenção refere-se a um processo para a fabricação de fio liso de poliéster ou poliamida no qual se aplica aos fios de multifilamentos, depois de abandonarem a zona de fiação, líquido numa quantidade que excede a capacidade interior de absorção do feixe de fios e fornece também ao fio, na sua superfície exterior uma camada de líquido. Como líquido é usado em especial água, eventualmente com quan.

    PI8504766-0

  • Processo para a produção de um artigo conformado de celulose.

    De maneira a produzir um artigo conformado de celulose, uma solução de óxido de amina celulósico é forçada através de um bocal, então passa através de uma abertura de ar, em que ela é possivelmente esticada, e finalmente coagulada em um banho coagulante. De acordo com a invenção, o diâmetro mínimo do orifício do bocal usado é no máximo 150 µm, preferencialmente no máximo 70 µm, e o comprimento do .

    PI9200043-6

  • Cordão composto reforçado com fibra, e processo para produzir o mesmo.

    Um processo e aparelho aperfeiçoados para a produção de um cordão de fio de folha de grafite reforçado, que é a base dos fios entrelaçados de folha de grafite. Para produzir os cordões de folha de grafite reforçados o necessário é um aparelho para uma matriz circular em forma de cone, inclinada, contendo uma geometria específica adequada para encrespar a fibra e a superfície revestida de adesivo p.

    PI9304986-2

  • Dispositivo para fiação.

    Patente de invenção: "dispositivo para fiação". A invenção refere-se a um dispositivo para fiação para a execução do processo de amonóxido de acordo com o processo para fiação a seco ou a úmido com uma figueira, que possui furos para fiação, apra a extrusão de filamentos, com um dispositivo de sopro com o qual os filamentos extrudados podem ser resfriados imediatamente depois que eles deixaram os .

    PI9506857-0

  • Processo de produção de fibras de polipropileno altamente resistentes.

    "Processo de produção de fibras de polipropileno altamente resistentes". A presente invenção refere-se a um processo para a produção de fibras de polipropileno altamente resistentes, com uma resistência superior a 6 cn/dtex e uma extensibilidade abaixo de 40%. Para gerar fibras com a maior fineza possível, os cordões de fibras são, inicialmente, extrusados com uma baixa temperatura da massa fundid.

    PI0314746-0

  • Dispositivo de fiação, e, não tecidos fiados por deposição.

    Dispositivo de fiação, e, não tecidos fiados por deposição. É proposto um dispositivo de fiação para produção de fios finos por meio de divisão, com vários bocais de fiação projetantes com aberturas de fiação, os quais são dispostos em uma parte de bocal de fiação e dos quais os materais de fiação saem como monofilamentos, e com vários bocais de aceleração, em particular bocais de laval, conjugado.

    PI0621444-4A2

  • Fibras de lyocell, e, fio fiado.

    "Fibras de lyocell, e, fio fiado". A invenção é uma fibra de lyocell caracterizada por uma superfície granulada como se observa em alta ampliação e tendo uma seção transversal e diâmetro variáveis ao longo e entre as fibras. A fibra é produzida por fiação centrífuga, sopragem em fusão ou sua variação de ligação por fiação. As fibras podem ser produzidas na faixa de microdenier com pesos médios tão.

    PI0110662-7

  • Método para extrudar um molde contínuo.

    "Método para extrudar um molde contínuo". A presente invenção se refere a um método para produzir um molde contínuo (11) ao se empregar uma solução de extrusão que contém preferivelmente água, celulose e um óxido de amina terciária. A solução de extrusão é extrudada através de uma abertura (10) do canal de extrusão para formar um molde contínuo. O molde contínuo é conduzido através de um interstíc.

    PI0111344-5

  • Processo para a preparação de fibras de celulose e dispositivo para efetuar o processo.

    Patente de invenção: "processo para a preparação de fibras de celulose e dispositivo para efetuar o processo". Para a preparação de fibras de celulose, uma solução de celulose em um óxido de amina terciária é conformada a quente para a produção de filamentos, os filamentos são resfriados e são a seguir introduzidos em um banho de precipitação para precipitar a celulose dissolvida, pelo que a soluç.

    PI9405438-0

  • Aparelho e método para produzir corpos continuamente moldados a partir de um material de moldagem.

    "Aparelho e método para produzir corpos continuamente moldados a partir de um material de moldagem". A presente invenção refere-se a um aparelho para produzir corpos continuamente moldados a partir de um material de moldagem, tal como uma solução de fiação que contém celulose, água e óxido de amina terciária. O aparelho (1) compreende uma placa de matriz (3) que inclui orifícios de extrusão (4) at.

    PI0215547-8

  • Método para extrudar um corpo continuamente moldado.

    "Método para extrudar um corpo continuamente moldado". A presente invenção se refere a um método para produzir um corpo continuamente moldado (11) a partir de uma solução de extrusão que contém preferivelmente água, celulose e uma amina terciária. A solução de extrusão é extrudada através de um orifício do duto de extrusão (10) para se obter um corpo continuamente moldado. O corpo continuamente mo.

    PI0111343-7

  • Fio filamentar perfilado, de finas fibrilas e processo para produção do mesmo.

    A invenção se refere a um fio filamentar perfilado, de finas fibrilas, feito de uma poliamida poy, com uma viscosidade de fio rv de 40 a 55 e uma resistência de 30-45 cn/tex, com um título de fibrila individual de (menor que) 1,5 dtex, uma uniformidade de cor com um coeficiente de variação de (menor que) 2 e uma relação de largura/comprimento b/l da seção transversal da fibrila de 0,5 a 0,7, provi.

    PI9305568-4

  • Processo para formar fibras lyocell, e, fibra lyocell.

    "Processo para formar fibras lyocell, e, fibra lyocell". Um líquido de dopagem contendo celulose é extrusado através de orifícios e em uma corrente de gás movendo-se em uma direção geralmente paralela à direção em que os filamentos são formados, com graus variáveis de atenuação mecânica provida aos filamentos usando um dispositivo de recolhimento, tal como uma bobinadora.

    PI0110198-6

  • Processo e dispositivo de fabricação de um fio compósito.

    A invenção trata da fabricação de um fio compósito formado de filamentos contínuos de vidro e de matéria termoplástica orgânica. O processo de acordo com a invenção consiste, a partir de uma primeira instalação, em estirar filamentos orgânicos sob forma de uma ou várias mantas que convergem para um mesmo ponto, e em estirar, a partir de uma segunda instalação, filamentos de vidro reunidos em pelo .

    PI9200924-7

  • Dispositivo de fabricação de um fio compósito.

    A invenção se refere a um dispositivo de fabricação de um fio composto de filamentos orgânicos e de filamentos de vidro e que serve para a obtenção de produtos compósitos. Este dispositivo compreende pelo menos uma fieira alimentada com vidro fundido e, pelo menos, uma cabeça de fiação alimentada sob pressão com ma'teria termoplástica orgânica, a partir das quais são estirados simultaneamente fila.

    PI9200923-9

  • Processo para fabricação de um produto semelhante a monofilamento.

    Processo para fabricação de um produto semelhante a monofilamento. A invenção se refere a um processo para fabricação de um produto semelhante a monofilamento, a partir de um precursor contendo pelo menos um cordão de fibras fabricado de polietileno de massa molar ultra-alta, compreendendo a) exposição do precursor a uma temperatura dentro da faixa de ponto de fusão do polietileno, por um período .

    PI0516494-0

  • Processo para fabricação de um produto semelhante a monofilamento.

    Processo para fabricação de um produto semelhante a monofilamento. A invenção se refere a um processo para fabricação de um produto semelhante a monofilamento a partir de um precursor contendo vários filamentos contínuos de poliolefina, compreendendo exposição do precursor a uma temperatura dentro da faixa de ponto de fusão da poliolefina por um tempo suficiente para fundir, pelo menos parcialment.

    PI0516524-5