PatentesOnline - Pesquisa de Patentes no Brasil

Classificação de Patentes

Índice:
C Química; metalurgia
C03 Vidro; lã mineral ou lã de escórias
C03C Composição química de vidros, vidrados (vitrificados) ou esmaltes vítreos; tratamento da superfície do vidro; tratamento da superfície de fibras ou filamentos de vidro, minerais ou escórias; união de vidro a vidro ou a outros materiais
Classificação Descrição
C03C 1/00 Ingredientes geralmente utilizáveis na manufatura de vidros vidrados ou esmaltes vítreos
C03C 1/02 Ingredientes pré
C03C 1/04 Opacificadores, por ex., Fluoretos ou fosfatos;pigmentos
C03C 1/10 Para produzir produtos transparentes de coloração uniforme
C03C 10/00 Vidro
C03C 10/02 Fase cristalina isenta de sílica e silicato por ex., Espinélio, titanato de bário
C03C 10/04 Fase cristalina de silicato ou polissilicato, por ex., Mulita diopsídio, esfênio ou titatina, plagioclasio
C03C 10/06 Fase cristalina de aluminossilicato de óxido de metal divalente por ex., Anortita, cerâmicas de escória
C03C 10/08 Aluminossilicato de magnésio, por ex., Cordierita
C03C 10/10 Fase cristalina de aluminossilicato de metal alcalino
C03C 10/12 Aluminossilicato de lítio, por ex., Espodumênio, eucriptita
C03C 10/14 Fase cristalina contendo sílica por ex., Quartzo modificado, cristobalita
C03C 10/16 Fase cristalina contendo halogênio
C03C 11/00 Vidro multicelular
C03C 12/00 Pó de vidro;composições de contas de vidro
C03C 13/00 Composições para fibras ou filamentos
C03C 13/02 Contendo compostos de titânio ou zircônio
C03C 13/04 Fibras óticas, por ex., Composições do núcleo e do revestimento das fibras
C03C 13/06 Fibras minerais, por ex., Lã de escória, lã mineral, lã de rocha
C03C 14/00 Composições de vidro contendo um componente não vítreo, por ex., Composições contendo fibras, filamentos "whiskers",
C03C 15/00 Tratamento da superfície do vidro por gravura à água forte
C03C 17/00 Tratamento da superfície do vidro, por ex., De vidro desvitrificado, outro que não fibras, por revestimento
C03C 17/02 Com vidro
C03C 17/04 Fritando pó de vidro
C03C 17/06 Com metais
C03C 17/09 Por depósito a partir da fase vapor
C03C 17/22 Com outromaterial inorgânico
C03C 17/23 Óxidos
C03C 17/245 Por depósito a partir da fase vapor
C03C 17/25 Por depósito a partir da fase líquida
C03C 17/27 Por oxidação de revestimento aplicado anteriormente
C03C 17/28 Commaterial orgânico
C03C 17/30 Com compostos contendo silício
C03C 17/32 Com resinas sintéticas ou naturais
C03C 17/34 Com pelo menos dois revestimentos tendo composições diversas
C03C 17/36 Sendo pelo menos um revestimento um metal
C03C 17/38 Sendo pelo menos um revestimento commaterial orgânico
C03C 17/42 Pelo menos um revestimento de materialorgânico e pelo menos um revestimento não metálico
C03C 17/44 Conferimento de brilho
C03C 19/00 Tratamento da superfície do vidro por meios mecânicos
C03C 21/00 Tratamentodo vidro, que não na forma de fibras ou filamentos, por difusão de íons ou metais pela superfície
C03C 23/00 Outros tratamentos da superfície do vidro, exceto na forma de fibras
C03C 25/00 Tratamento da superfície de fibras ou filamentos de vidro, minerais ou escórias
C03C 25/02 C03C 25/02
C03C 25/04 C03C 25/04
C03C 25/10 Mediante revestimento
C03C 25/12 Métodos gerais de revestimento;dispositivos para os mesmos
C03C 25/14 Pulverização
C03C 25/16 Imersão
C03C 25/20 Contatando as fibras com aplicadores, por ex., Rolos
C03C 25/24 Revestimentos contendomateriais orgânicos
C03C 25/26 Compostos macromoleculares ou pré
C03C 25/28 Obtidos por reações que envolvem apenas ligações insaturadas de carbono
C03C 25/30 Poliolefinas
C03C 25/32 Obtidos de outro modo que não por reações envolvendo apenas ligações insaturadas carbono
C03C 25/34 Polímeros de condensação de aldeídos, por ex., Com fenóis, ureias, melaminas, amidas ou aminas
C03C 25/36 Resinas epóxi
C03C 25/40 Compostos de organo
C03C 25/42 Revestimentos contendomateriais inorgânicos
C03C 25/44 Carbono, por ex., Grafite
C03C 25/46 Metais
C03C 25/50 Revestimentos contendo apenasmateriais orgânicos
C03C 25/52 Revestimentos contendo apenasmateriais inorgânicos
C03C 25/60 Mediante difusão de íons ou metais na superfície
C03C 25/66 Tratamento químico, por ex., Lixiviação, tratamento com ácido ou álcali
C03C 25/68 Por gravura a água forte
C03C 27/00 União de peças de vidro a peças de outros materiais inorgânicos;união de vidro a vidro por métodos outros que não a
C03C 27/02 Por fusão direta de vidro sobre o metal
C03C 27/04 União de vidro a metais por meio de uma camada intermediária
C03C 27/06 União de vidro a vidro por métodos outros que não a fusão
C03C 27/10 Por meio de adesivos especialmente adaptados a esse fim
C03C 27/12 Vidro laminado
C03C 3/00 Composições de vidro
C03C 3/04 Contendo sílica
C03C 3/06 Com mais de 90% em peso de sílica, por ex., Quartzo
C03C 3/062 Com menos de 40% em peso de sílica
C03C 3/064 Contendo boro
C03C 3/066 Contendo zinco
C03C 3/068 Contendo terras raras
C03C 3/07 Contendo chumbo
C03C 3/072 Contendo boro
C03C 3/076 Com 40% a 90% em peso de sílica
C03C 3/078 Contendo um óxido de metal divalente, por ex., Um óxido de zinco
C03C 3/08 C03C 3/08
C03C 3/083 Contendo óxido de alumínio ou um composto de ferro
C03C 3/085 Contendo um óxido de um metal divalente
C03C 3/087 Contendo óxido de cálcio, por ex., Folha comum ou vidro para recipiente
C03C 3/089 Contendo boro
C03C 3/091 Contendo alumínio
C03C 3/093 Contendo zinco ou zircônio
C03C 3/095 Contendo terras raras
C03C 3/097 Contendo fósforo, nióbio ou tântalo
C03C 3/10 C03C 3/10
C03C 3/102 Contendo chumbo
C03C 3/108 Contendo boro
C03C 3/11 Contendo halogênio ou nitrogênio
C03C 3/112 Contendo flúor
C03C 3/115 Contendo boro
C03C 3/118 Contendo alumínio
C03C 3/12 Composições de vidro livres de sílica
C03C 3/14 Contendo boro
C03C 3/15 Contendo terras raras
C03C 3/155 Contendo zircônio, titânio, tântalo ou nióbio
C03C 3/16 Contendo fósforo
C03C 3/21 Contendo titânio, zircônio, vanádio, tungstênio ou molibdênio
C03C 3/22 C03C 3/22
C03C 3/247 Contendo flúor e fósforo
C03C 3/253 Contendo germânio
C03C 3/26 C03C 3/26
C03C 3/32 Composições de vidro isentas de óxidos, por ex., Haletos, binários ou ternários, sulfetos, ou nitretos de germânio,
C03C 4/00 Composições de vidro com propriedades especiais
C03C 4/02 Para vidro colorido
C03C 4/06 Para vidro fototrópico ou fotocrômico
C03C 4/08 Para vidro que absorve seletivamente radiação de comprimentos de onda específicos
C03C 4/10 Para vidro que transmite infravermelho
C03C 4/12 Para vidro luminescente;para vidro fluorescente
C03C 4/14 Para vidro eletrocondutor
C03C 4/20 Para vidro resistente a produtos químicos
C03C 5/00 C03C 5/00
C03C 5/16 C03C 5/16
C03C 6/00 Composições das matérias
C03C 6/02 Contendo silicatos, por ex., "Cullet"
C03C 6/04 Contendo sílica não combinada por ex., Areia
C03C 6/06 Contendo compostos halogenados
C03C 6/08 Contendo pelotas ("pellets") ou aglomerados
C03C 6/10 Contendo escória
C03C 8/00 Esmaltes;vidrados;composições para vedação por fusão constituídas de composição de fritas tendo adição de material não
C03C 8/02 Composições de fritas, i.E., Em uma forma triturada ou em pó
C03C 8/04 Contendo zinco
C03C 8/06 Contendo halogênio
C03C 8/08 Contendo fósforo
C03C 8/10 Contendo chumbo
C03C 8/14 Misturas de fritas de vidro tendo adição de material não fritado, por ex., Opacificantes, corantes, aditivos
C03C 8/16 Com veículos ou agentes de suspensão, por ex., "Slip" (argila líquida)
C03C 8/18 Contendo metais livres
C03C 8/20 Contendo compostos de titânio;contendo compostos de zircônio
C03C 8/22 Contendo duas ou mais fritas de composições diferentes
C03C 8/24 Composições de vedação por fusão constituídas de composições de frita tendo adição de material não fritado, i.E., Para

Exemplos de patentes nesta classificação:

  • Processo para tingir um vidro opalino de fluoreto de sódio de branco leitoso.

    Trata-se da produção de vidros opacos que apresentam uma coloração branca-leitosa, que são adequadospara a formação de artigos de culinária. A opacidade é obtida através da precipitação de fluoretos,de preferência naf. A coloração branca-leitosa resulta da associação de fe2o3 com tio2 e/ou as2o3 e/ou ceo2, com a adição de nitratos. A composição preferida do vidro final consiste essencialmente, em .

    PI8604053-7

  • Vidro de óxidos de chumbo, de bismuto e de gálio dopado com a terra-rara neodímio.

    "Vidro de óxidos de chumbo, de bismuto e de gálio dopado com a terra-rara neodímio." Patente de invenção de uma composição química para vidro de óxidos de chumbo, de bismuto e de gálio dopado com a terra-rara neodímio com emissões luminescentes adequadas para ser usado em aplicações com raios laser. A matriz desta amostra é formada por óxidos de chumbo, bismuto e de gálio e foi patenteada pelo seu.

    PI0100263-5

  • Vidro livre de chumbo.

    O vidro tem uma composição química como uma porcentagem em peso dentro da seguinte faixa: sílica 50-58, potassa 0-13, soda 0-9, óxido de lítio 0-4, óxido de cálcio 0-3, óxido de magnésio 0-4, anidridobórico 0-2, óxido de zinco 16-30, óxido de bário 0-12, óxido de titânio 0-6, óxido de zircônio 0-5,óxido de ítrio 0-5, alumina 0-3, óxido de estanho 0-5, óxido de lantânio 0-9, óxido de nióbio 0-9,óxi.

    PI9509993-0

  • Revestimento hidrofílico incluindo dlc sobre ,substrato.

    "Revestimento hidrofílico incluindo dlc sobre substrato". A invenção refere-se a um substrato que é revestido com um ou mais revestimentos ou camadas hidrofílicos que incluem, por exemplo, carbono amorfo em uma forma de carbono em forma de diamante (dlc). Em certas concretizações, a camada que inclui dlc pode ser dopada com pelo menos um dopante indutor de polaridade (por exemplo, boro, nitrogênio.

    PI0111067-5

  • Processo para fabricação de um artigo de vidro cerâmica e artigo de vidro cerâmica.

    Esta invenção é principalmente dirigida a preparação de artigos de vidro-cerâmica transparentes que,quando muito rapidamente cristalizados in situ de artigos de vidros precursores em forma de placa,exibem deformação bastante reduzido os artigos de vidro-cerâmica contém solução sólida de quartzo como a fase cristal predominante e consistem essencialmente em porcentagem ponderal, de ( contém fórmula.

    PI9100105-6

  • Composição de vidro cinza de tipo silico-sodo-cálcico e conjunto de vidraças.

    "Composição de vidro cinza de tipo silico-sodo-cálcico e conjunto de vidraças". A invenção tem por fim uma composição de vidro cinza de tipo silico-sodo-cálcico apresentando uma transmissão luminosa global sob iluminação a (t~ la~) superior a 67% para uma espessura de 3,85 mm, que compreende os constituintes abaixo nos limites ponderais seguintes: sio~ 2~ 64 75%; al~ 2~o~ 3~ - 5%; b~ 2~o~ 3~ 0 - 5.

    PI0210767-8

  • Fibra mineral suscetível de se dissolver em um meio fisiológico.

    A presente invenção trata das composições de fibras minerais suscetíveis de se dissolver ao contato de um meio fisiológico. As composições dessas fibras contém os seguintes constituintes, de acordo com as proporções ponderais definidas em seguida: sio~ 2~ 48 a 67%, al~ 2õ~ 3~ 0 a 8%, fe~ 2õ~ 3~ 0 a 12% (ferro total expresso sob essa forma), cao 16 a 35%, mgo 1 a 16%, na~ 2õ + k~ 2õ a 6,5%, p~ 2õ~ .

    PI9305492-0

  • Composições de fibras minerais.

    Patente de invenção: "composições de fibras minerais". Composição de fibras minerais biologicamente degradável, caracterizada pelos seguintes constituintes cem por cento em peso: sio~ 2~ - 45 a 60; al~ 2õ~ 3~ - menos que 2; cao - 7 a 18; mgo - 4 a 10; na~ 2õ - 7 a 20; k~ 2õ - 0 a 4; b~ 2õ~ 3~ - 1 a 12; p~ 2õ~ 5~ - 0 a 4; diversos - 0 a 5; na~ 2õ+k~ 2õ - 7 a 24; cao+mgo - mais que 15,5 e até 25; ba.

    PI9505495-2

  • Vidro castanho que absorve radiação ultra-violeta.

    "Vidro castanho que absorve radiação ultra-violeta". A invenção se refere a vidros castanhos qua absorvem radiação ultra-violeta, compreendendo a seguinte composição, expressa em peso% baseado em óxidos: sio~ 2~ 59-78; al~ 2~o~ 3~ 2-6; b~ 2~)~ 3~ 0-3; na~ 2~o 7-16; k~ 2~o 2-9; cao 0-7; bao 0-12; zno 0-12: zro~ 2~ 0-6: tio~ 2~ 0-6: mno~ 2~ 0,25-6: v~ 2~o~ 5~ 1-3; fe~ 2~o~ 3~ 0-1,5; nio 0-0,5; coo.

    PI9612134-3

  • Vidro de borosilicato.

    Patente de invenção de "vidro de borosilicato". A invenção se refere a um vidro de borosiclicato de alta resistência química e baixa viscosidade, que contém de zircônio e óxido de líbito, tendo resistência hidrolítica classe 1, de acordo com din iso 719, resistência ácida classe 1, de acordo com din 12116, e resistência de lixívia cáustica classe 1, de acordo com din iso 659, e com um baixo ponto .

    PI9603894-2

  • Vidros fotocromáticos para o bem-estar visual.

    O presente invento trata da preparação de vidros fotocromáticos livres de embaciamento que escurecemnuma faixa de bem estar, isto é, uma transmitância luminosa de cerca de 40 a 60%, que exibe desvanecimento muito rápido, e que demonstra excelente dependência de temperatura. Os vidros consistem essencialmente em, percentagem por peso com os níveis de ag, cu2o, c1, e br representando valores como an.

    PI8504317-6

  • Vidro colorido cinza sodo-cálcico.

    Patente de invenção de "vidro colorido cinza sodocálcico", composto de constituintes formadores de vidro principais juntamente com ferro, selênio, cobalto e cromo como agentes corantes nas seguintes quantidades: fe~ 2õ~ 3~ - 0,5 a 0,9%; co - 0,012 a 0,025%; se - 0,0025 a 0,010%; cr~ 2õ~ 3~ - 0,005 a 0,020%. As proporções de agentes corantes são tais que o vidro apresente um fator de transmissão lu.

    PI9501695-3

  • Vidros com um alto índice de refração e seus usos como segmentos de lentes corretivas multi-focais.

    Patente de invenção para ''vidros com um alto indice de refração e seus usos como segmentos de lentes corretivas multi-focais''. A invenção se refere a vidros que apresentam um índice de refração mais alto do que 1.740; Um coeficiente de dilatação alfa, entre 25 e 300°c, entre 65 x 10^ --7^ /°c; e um produto de littleton não excedendo 635°c., Mas maior do que 600°c; eles apresentam a seguinte com.

    PI9708373-9

  • Vidro fototrópico de alto índice de refração.

    Vidro fototrópico de alto índice de refração tendo um índice de refração de 1,69 a mais de 1,7, um coeficiente abbe de pelo menos 35 e uma densidade de no máximo 3,5 g/cm^ 3^, tem uma composição (em % em peso com base no óxido) de: sio~ 2~ 15-33; b~ 2õ~ 3~ 12-22; (sigma) sio~ 2~ + b~ 2õ~ 3~ 30-50; li~ 2õ 0,5-5,0; na~ 2õ 0-3; k~ 2õ 0-11; (sigma) óxidos de metais alcalinos 4-12; bao 0-23; sro 0-23; .

    PI9500836-5

  • Processo para formação de uma subcamada em uma superfície de vidro.

    Os revestimentos que atuam como camadas barreiras para inibirem a migração de íons de metal alcalinode uma superfície de vidro e/ou atuam como subcamadas supressores de cor para camadas de reflexão de infravermelho sobrejacentes ou camadas eletricamente condutoras, são depositados por pirólise de uma mistura gasosa de um silano, um hidrocarboneto insaturado e dióxido de carbono sobre uma superfíci.

    PI8707035-9

  • Vidro soda-cal colorido.

    "Vidro soda-cal colorido". Contendo pelo menos 5 partes por milhão em peso de co e de 0,5 a 0,9% em peso de fe~ 2~ o~ 3~. A quantidade de íon ferroso em peso de átomos de fe~ 2+~ com relação ao peso total dos átomos de ferro presentes no vidro é de entre 25 e 45%. O vidro ainda contém crômio e/ou vanádio. O vidro tem uma transmissão de luz tla4 de entre 20 e 60%, uma transmissão de energia te4 de .

    PI0112194-4

  • Fio de vidro, composição de encolamento, compósito e utilização do fio de vidro.

    "Fio de vidro, composição de encolamento, compósito e utilização do fio de vidro". A invenção refere-se a uma composição de encolamento que consiste de uma solução compreendendo menos 5% em peso de solvente e um sistema de base polimerizável, sendo que referido sistema contém pelo menos 50% em peso de componentes de uma mistura de: componente(s) apresentando pelo menos uma função reativa isocianat.

    PI0310070-7

  • Artigo de vidro.

    Um artigo de vidro revestido é preparado pela deposição de vapor químico de uma mistura de precursor de óxido de estanho, um precursor de dióxido de silício, e um acelerante como fosfito de trietila em taxas de deposição maiores do que 350å/segundo, sobre vidro tendo uma temperatura de 450 a 650°c. A camada de material depositado pode ser combinada com outras camadas para produzir um artigo com pr.

    PI9205674-1

  • Processo para a preparação de um vidro adequado para a fabricação de lentes.

    A presente invenção refere-se a um vidro para aplicações óticas e/ou oftálmicas tendo um índice de refração de entre cerca de 1,78 a 1,82, um número abbe maior do que, ou igual a 31, e uma densidade de menos do que cerca de 3,80 g/cm', constituído essencialmente por, expresso em termos de percentagem de peso com base nos óxidos: (consta fórmula atualização: "processo para a preparação de um vidro .

    PI8605356-6

  • Processo de preparação de vidros teluritos dopados com quantum dots de pbte.

    "Processo de preparação de vidros teluritos dopados com quantum dots de pbte". Refere-se a um processo para preparação de vidros teluritos contendo quantum dots cristalinos de pbte, nos quais é empregado tanto o pbo quanto o te metálico ou então o pbte na forma de pó, as perdas por evaporação destes compostos com altas pressões de vapor, são praticamente suprimidas fazendo uso da matéria prima bac.

    PI0406092-0

  • Vidro de alto índice.

    Patente de invenção para "vidro de alto indice". Esta invenção é dirigida à produção de vidros assencialmente livres de nb~2~o~5~, e tendo um indice de refração próximo a 1,7, um número abbe de cerca de 35, e uma densidade próxima a 3,2. Os vidros consistem essencialmente em peso por cento na base de óxido, de sio~2~ 38-45; tio~2~ 15-<20; zro~2~ 6-10; la~2~o~3~ 0,5-4; bao 12-19; cao 3-8; bao + cao.

    PI9607220-2

  • Processo de preparação de um compósito de matriz de vidro com fibra reforçada descontínua.

    Um processo para preparação de compósitos de matriz de vidro com fibras reforçadas descontínuas pormoldagem por injeção usando um bocal de injeção que separa substancialmente todo fio de multifilamento em fibras individuais resultando em um compósito apresentando maior resistência à ruptura. O processo compreende a impregnação do fio de filamento contínuo com pós de matriz de vidro compreendendopó.

    PI8801500-9

  • Composição de vidro sílico-sodo-cálcico acinzentado, folha de vidro, e, vidraça.

    "Composição de vidro sílico-sodo-cálcico acinzentado, folha de vidro, e, vidraça". A invenção refere-se a uma composição de vidro sílico-sodo-cálcico de cor acinzentada que compreende os agentes colorantes a seguir em um teor que varia nos limites ponderais a seguir: fe~ 2~0~ 3~ (ferro total) 0,01 a 0,14%, coo 40 a 150 ppm e nio 200 a 700 ppm, a proporção ponderal nio/coo estando compreendida entr.

    PI0406910-2

  • Espelho dicróico.

    Espelho dicróico. Onde, a presente invenção, refere-se a espelhos dicróicos também conhecidos como filtros óticos; em particular, refere-se a espelhos retrovisores compreendendo um substrato vítreo revestido com uma pilha de camadas de interferência e com um refletor metálico; a pilha de camadas inclui, sucessivamente, a partir do substrato: i) uma camada de um material de alto índice de refração,.

    PI0516888-0

  • Artigo revestido tratável com calor com carbono do tipo diamante (dlc) e/ou zircônio no revestimento.

    "Artigo revestido tratável com calor com carbono do tipo diamante (dlc) e/ou zircônio no revestimento". Em certas modalidades exemplares, um artigo revestido inclui uma camada incluindo nitrida de zircônio antes do tratamento com calor (ht). O artigo revestido é tratado com calor suficientemente para fazer com que a camada à base de nitrida de zircônio se transforme em uma camada à base de óxido d.

    PI0602441-6

  • Fibra com filme dielétrico manoestruturado.

    "Fibra com filme dielétrico nanoestruturado". Refere-se a presente invenção a uma fibra vítrea ou polimérica recoberta por um filme refletor de prata nanoestruturada, caracterizado pela alta reflectância e caráter dielétrico. A presença do recobrimento nanoestrutumdo de prata permite a transmissão de luz pela fibra constituída apenas do núcleo. A característica mais importante consiste no fato do .

    PI0403088-5

  • Método para tratar uma lente oftálmica e respectiva lente oftálmica.

    "Método para tratar uma lente oftálmica e respectiva lente oftálmica". Um método para tratar uma lente oftálmica compreendendo dois lados principais, na qual pelo menos um dos lados compreende uma camada externa mineral ou orgânica revestida com uma camada protetora temporária de mgf~ 2~, o citado método compreendendo uma etapa de tratamento específica selecionada dentre as seguintes etapas de: - .

    PI0313401-6

  • Material blindado de vidro cerâmico.

    Material blindado de vidro cerâmico a invenção se refere a um material blindado de vidro cerâmico, constituído (em % por peso com relação à, base áxida) de 5-33 de sio~2~, 20-50 de a1~2~0~3~, 5-40 de mgo, 0- 15 de b~2~0~3~, 0,1-30 de y~2~0~3~, ln~2~o~3~, as~2~o~3~, nb~2~o~5~ e/ou sc~2~o~3, e 0-10 de p~2~0~5~.O material inventivo pode ser também reforçado com fibras inorgânicas de reforço em uma qu.

    PI0614776-3A2

  • Composição de vidro, lâminas de vidro, artigo laminado e artigo de vidro laminado.

    Composição de vidro, laminas de vidro, artigo laminado e artigo de vidro laminado. Expõe-se uma composição de vidro que inclui uma composição de vidro de base que inclui: sio2 de 65 a 75 por cento, em peso; na20 de 10 a 20 por cento, em peso; cao de 5 a 15 por cento, em peso; mgo de 0 a 5 por cento, em peso; a 1203 de 0 a 5 por cento, em peso; k20 de 0 a 5 por cento, em peso, e um corante e parte .

    PI0614653-8A2

  • Janela fotocatalítica e método para a fabricação de mesma.

    janela fotocatalitica e método para a fabricação da mesmaa presente invenção refere-se a um artigo revestido fotocatalítico e a um método para a fabricação do mesmo. Em determinadas modalidades de exemplo, um artigo revestido inclui uma camada inclusiva de um nitrito e/ou um óxido de zircônio antes do tratamento com calor (ht). O artigo revestido é tratado com calor de tal forma que em segui.

    PI0710892-3A2

  • Composição de vidro resistente aos álcalis e aos ácidos para a fabricação de fios de vidro.

    Composição de vidro resistente aos álcalis e aos ácidos para a fabricação de fios de vidro. A presente invenção está relacionada a uma composição de vidro resistente aos álcalis e aos ácidos, em particular para o preparo de fios de vidro de reforço, que compreende os seguintes constituintes e nos limites definidos a seguir, em percentagens ponderais: si0~ 2~ 58%, de preferência <243>65% zro~ 2~ 15.

    PI0618031-0A2

  • Composição, fios de reforço, processo de fabricação de fios de vidro e peça compósita.

    Composição, fios de reforço, processo de fabricação de fios de vidro e peça compósita. A presente invenção refere-se a uma composição para fios de reforço caracterizada pelo fato de que ela compreende pelo menos um aditivo capaz de agir na interface de matriz/fios para melhorar a resistência ao fogo do compósito matriz/fios e refere-se igualmente aos fios e aos compósitos obtidos.

    PI0612742-8A2

  • Processo de deposição interna por vapor.

    Processo de deposiçao interna por vapor. A presente invençào se refere a um processo de produção de uma pré-forma primária para fibras óticas usando um proces,so de deposição interna por vapor, compreendendo as etapas de: i) fornecer um tubo de substrato de vidro oco tendo um lado de admissão e um lado de descarga; ii) envolver pelo menos parte do tubo oco de substrato de vidro por uma fornalha; i.

    PI1101501-2A2

  • Artigo de vidro revestido, unidade de vidro isolado, e método para formar um artigo de vidro revestido.

    Artigo de vidro revestido, unidade de vidro isolado, e método para formar um artigo de vidro revestido. Um filme delgado em multicamadas possuindo como um componente primário, um revestimento de óxido de zinco altamente dopado, e opcionalmente, uma camada de fundo de supressão de coloração e uma cobertura protetora de óxido metálico. A sobreposição de filmes é preferivelmente depositada sobre um s.

    PI0712316-7A2

  • Janela com característica antibacteriana e/ou antifúngica e processo de produção da mesma.

    Janela com característica antibacteriana e/ou antifúngica e processo de produção da mesma. A presente invenção refere-se a uma janela tendo propriedades antifúngicas/antibacterianas e propriedades autolimpantes, e a um processo de produção da mesma. Em certas concretizações exemplificativas, uma camada à base de prata é proporcionada, e uma ou mais camadas localizadas sobre ela (por exemplo, a cam.

    PI0621621-8A2

  • Método de provisão em uma vidraça de teto de veículo, e vidraça automotiva.

    Método de provisão em uma vidraça de teto de veículo, e vidraça automotiva. Trata-se de um método de provisão de uma vidraça para teto de veículo com uma região impressa possuindo características óticas e/ou térmicas previamente determinadas. Preferencialmente, a vidraça faz parte do teto do veículo, por exemplo consistindo em um pára-brisa que se estende para o teto, ou consistindo em uma janela .

    PI0611312-5A2

  • Vidro soda-cal-sílica absorvente de iv e uv e processo para sua produção.

    Patente de invenção: vidro de soda-cal-sílica absorvente de iv e uv. Vidro de soda-cal-sílica, absorvente de infravermelho e ultravioleta, de uma tonalidade neutra, contendo 0,3% a 0,7% em peso de ferro total expresso como fe~ 2õ~ 3~ junto com quantidades de se, co~ 3õ~ 4~ e um teor de ferro ferroso, para prover uma proporção de ferro ferroso para ferro total na faixa de 21 a 34. Nio e tio~ 2~ pod.

    PI9506300-5

  • Artigo de vidro e método de sua produção.

    Artigo de vidro e método de sua produção a presente invenção refere-se a um artigo de vidro que usa umacomposição de vidro incluindo uma composição de vidro-base e corantes. A composição de vidro-base inclui, expresso em % em massa, 65 a 80% de sio~ 2~; o a 5% de al~ 2~0~ 3~; o a 10% de mgo; o a 15% de cao; 5 a 15% de mgo+ cao; loa 18% de na~ 2~o; o a 5% de k20; 1oa 20% de na2o + k~ 2~0; e o a 5% .

    PI0618277-1A2

  • Composição para uma lente fotocromática e lentes para óculos fotocromáticas.

    Composição para uma lente fotocromática consistindo essencialmente de, em porcentagem em peso calculado de forma aproximada: sio~ 2~ ; 54-58%; ag; 0,18-0,33%; b~ 2~ o~ 3~ ; 18-22%; cl; 0,25-0,50%; al~ 2~ o~ 3~ ; 7-8%; br; 0,04-0,12%; lio~ 2~ 3,75-4,5%; cuo; 0,007-0,012%; na~ 2~ o 0-1%; pbo; 0-0,08%; k~ 2~ o; 5,5-7,5%; sb~ 2~ o~ 3~ ; 0-0,20%; tio~ 2~ ; 0-2%; pd; 1-6 ppm; zro~ 2~ ; 2-4,5%; mais 0-1,.

    PI9303874-7

  • Processo de fabricação de um vidro mineral, e, vidraça.

    Patente de invenção "composição de vidro silicosoda-cálcico e vidraça". A presente invenção se refere às composições de vidro aptas à realização de vidraças suscetíveis de serem utilizadas no domínio arquitetônico ou montadas em veículos automotivos. Estas composições compreendem os constituintes abaixo de acordo com teores, expressos em porcentagens ponderais, definidas pelos limites seguintes: s.

    PI9305947-7

  • Composição de vidro cinza.

    "Composição de vidro cinza". É provida uma composição de vidro cinza que emprega como sua porção de colorante pelo menos ferro (fe~ 2~o~ 3~/feo), cobalto e possivelmente óxido de érbio (por exemplo, er~ 2~o~ 3~). O vidro permite alta transmissão visível, e absorção de iv satisfatória, enquanto ao mesmo tempo alcançando a cor cinza desejada. Em certas concretizações exemplares, a porção de colorant.

    PI0316601-5

  • Composição de vidro cinza de tipo sílico-sodo-cálcico.

    "Composição de vidro cinza de tipo sílico-sodo-cálcico". A invenção refere-se a uma composição de vidro cinza de tipo sílico-sodo-cálcico apresentando uma transmissão luminosa global sob iluminante a (t~ la~) superior a 15% para uma espessura de vidro igual a 4,85 mm, a referida composição compreendendo os agentes colorantes abaixo nos limites ponderais seguintes: fe~ 2~o~ 3~ 0,25 - 0,65%, preferi.

    PI0108199-3

  • Coifa para revestir vidro, e, processo para operar uma coifa para revestir vidro.

    Uma coifa para revestir apropriada para aplicar de maneira uniforme revestimentos protetores ao exterior de vasilhames de vidro quentes é apresentada. A coifa consiste de um túnel para permitir os vasilhames a passarem através da mesma, e de uma parte superior ajustável para acomodar vasilhames de várias dimensões. Pelo menos dois rasgos de jato são localizados em cada parede lateral, e pelomenosd.

    PI8307416-3

  • Fibra de vidro livre de boro.

    "Fibra de vidro livre de boro". São descritas de vidro livres de boro para têxteis e reforço. As fibras de vidro apresentam a composição consistindo assencialmente de sioc~ 2~, cao, al~ 2~o~ 3~, e mgo. Em uma modalidade preferida, o vidro não contem essencialmente nenhum flúor, sulfato ou titania. Essas composições de fibra de vidro vantajosamente apresentam amplos ou grandes valores de delta t (.

    PI9608349-2

  • Processo de preparação de um vidro de soda-cal-sílica, colorido, neutro.

    Patente de invenção: composto de vidro vidro de soda-cal-sílica colorida neutra. Um vidro de soda-cal-sílica de baixa transmitância geralmente verde neutro (transmitância luminosa não superior a 25), que tem transmitância de energia solar reduzida quando dotado dos seguintes constituintes corantes em porcentagem em peso; fe~ 2~o~ 3~ (ferro total) 1,3-2: nio 0,01-0,05; coo 0,02-0,04; se 0,0002-0,00.

    PI9405335-9

  • Colorante para vidro matizado de verde e método para produzir vidro matizado de verde.

    Patente de invenção de "vidro de soda-cal-sílica matizado de verde e método para produzir vidro matizado de verde", compreendendo um vidro matizado de verde, absorvente de ultravioleta tendo uma composição de vidro de soda-cal-sílica padrão e uma porção colorante consistindo essencialmente, em uma base percentual ponderal, de menos de 2,0% de tio~ 2~ e mais que 0,6% de ferro total (expresso como f.

    PI9304509-3

  • Vidro de soda-cal de cor cinza muito escuro e lâmina de vidro.

    Patente de invenção de "vidro de soda-cal de cor cinza muito escuro" , dito vidro contendo ferro, cobalto e selênio como agentes colorantes nas sequintes proporções (expressas na forma indicada como percentuais, em peso, do vidro) : fe~ 2~o~ 3~ 1.00 A 1.65%, Co 0.017 A 0.030% E se 0.001 A 0.010%. O vidro tem uma transmissão luminosa, medida para um aparelho de iluminação par um vidro com espessura.

    PI9604207-9

  • Artigo de vidro de coloração verde.

    "Artigo de vidro de coloração verde", absorvente de infravermelho e ultravioleta tendo uma transmitância luminosa de até 60 por cento. A composição do artigo de vidro usa uma composição básica de vidro de sílica-cal-soda e adicionalmente ferro, cobalto, selênio e cromo, e opcionalmente titânico como materiais absorventes de radiação de infravermelho e ultravioleta. Os vidros da presente invenção t.

    PI9702552-6

  • Composição de vidro de tipo sílico-sodo-cálcico e vidraça.

    "Composição de vidro de tipo sílico-sodo-cálcico e vidraça". A invenção tem por objeto uma composição de vidro de tipo sílico-sodo-cálcico destinada notadamente à obtenção de uma vidraça que compreende os agentes colorantes abaixo nos limites ponderais seguintes: fe~ 2~o~ 3~ (ferro total) 0,2 - 0,45%, se 2 - 8 ppm, coo 0 -20 ppm, nio 0 - 80 ppm dos ditos agentes satisfazendo a seguintes relação: 0.

    PI0308723-9

  • Composição de esmalte livre de chumbo parcialmente cristalizado para vidro de automóvel.

    Patente de invenção: ''composição de esmalte livre de chumbo parcialmente cristalizado para vidro de automóvel''. Um composição de esmalte cerâmico contém 40-80% em peso de pelo menos uma frita de óxido de metal livre de chumbo contendo precursores de zn~ 2~sio~ 4~, tais como zno e sio~ 2~, onde a quantidade de precursores de zn~ 2~sio~ 4~ é menos que cerca de 35% em peso de pelo menos uma frita d.

    PI9800331-3